Por algo além do futebol, Nigéria e Mali se enfrentam na semi da Copa Africana

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Nigéria e Mali se enfrentam em Durban, após eliminarem Costa do Marfim e a anfitriã África do Sul, respectivamente

De um lado, a seleção que eliminou os anfitriões da África do Sul. Do outro, a equipe que tirou a favorita Costa do Marfim. Desta forma, Mali e Nigéria se enfrentam nesta quarta-feira, às 13 horas, no Estádio Moses Mabhida, em Durban, pelas semifinais da Copa Africana de Nações. Além da vaga na decisão, o confronto também marca o renascimento uma seleção nigeriana desacreditada e Mali, que usa o esporte para tentar amenizar uma guerra civil.

Getty Images
Nigéria encara Mali na semifinal da Copa Africana

Destaque africano na década de 90, liderada por Okocha e Kanu, a seleção nigeriana chegou à Copa Africana de Nações desacreditada. Nas duas primeiras rodadas, os Super Águias empataram com Zâmbia e Burfina Faso, conquistando a classificação no último confronto, após uma vitória suada, por 2 a 0, sobre a Etiópia. Nas quartas de final, no entanto, a Nigéria surpreendeu e eliminou a favorita Costa do Marfim. Desta forma, a vaga na decisão continental pode marcar o renascimento de uma potência no futebol africano.

Mesmo com a Copa Africana, o futebol não foi a prioridade em Mali nos últimos meses. O país vive uma guerra civil que confronta forças do Governo, apoiadas pelo exército francês, e radicais islâmicos. Neste contexto, o futebol surgiu para amenizar as tensões e vem cumprindo o seu papel. Na primeira fase, Mali fez apenas quatro pontos, mas, assim como a Nigéria, surpreendeu nas quartas de final. Sob o som das tradicionais vuvuzelas, a seleção derrotou a África do Sul nos pênaltis e garantiu a vaga na semifinal.

A seleção que conseguir a vaga na decisão do Continental enfrenta o vencedor de Burkina Faso e Gana, que também jogam nesta quarta-feira, às 16h30 (de Brasília).

Leia tudo sobre: MaliNigériaCopa Africana

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas