Oswaldo lamenta polêmica criada por vídeo de preleção. "Estou desapontado"

Por Gazeta | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Em vídeo, técnico de Botafogo xinga jogadores do Fluminense e pede para seus jogadores "meterem a mão na cara" dos rivais

Gazeta Press
Oswaldo reclamou da repercussão exagerada de um vídeo gravado nos vestiários do Engenhão

Após o treinamento do time do Botafogo na manhã desta quarta-feira, no Engenhão, otécnico Oswaldo de Oliveira, em entrevista coletiva, lamentou a repercussão negativa que o vídeo da preleção do clássico com o Fluminense, no último dia 27, vem tendo entre torcedores e dirigentes tricolores.

“As palavras são ‘exagero, desproporção e desnecessário’. Eu trabalhei com mais de 30 técnicos quando ainda era preparador físico, e todos já usaram discursos de motivação. No vestiário, não vejo nada depreciativo. Estamos ligando demais pra isso. Estou desapontado”,

Depois do meia Clarence Seedorf orientar os seus colegas para o jogo contra a equipe das Laranjeiras, o comandante alvinegro foi até o centro da roda dos jogadores, chamou os atletas do Flu de “putos” e pediu para que os seus comandados “metessem a mão na cara” dos oponentes.

Depois da divulgação em mídias sociais botafoguenses, alguns torcedores e dirigentes do Fluminense descontentes. No gramado, o clássico ficou empatado em 1 a 1, e ainda teve confusão de Seedorf com o volante colombiano Valencia, do Flu.

Leia tudo sobre: botafogocarioca 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas