Aos 28 anos, Cristiano Ronaldo pretende jogar por mais uma década

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Atacante português atravessa grande fase, planeja novas conquistas e pensa em carreira longa no futebol

Eleito melhor jogador do mundo pela Fifa em 2008, o atacante Cristiano Ronaldo completou 28 anos de idade na última terça-feira. Em grande fase atuando pelo Real Madrid, o atleta português planeja novas conquistas e, em entrevista divulgada pelo jornal espanhol AS nesta quarta-feira, afirmou que pretende jogar profissionalmente por mais uma década.

Getty Images
Cristiano Ronaldo quer jogar mais dez anos na carreira

"Quero atuar por mais dez anos, mas não sei se poderei chegar aos 38 anos atuando. Desejo jogar por muitos anos e farei isso se me sentir bem psicologicamente e fisicamente. Trabalha para conseguir isso, pois tenho uma boa genética. Não devo ter problemas para alcançar este objetivo. Dizem que depois dos 32 ou 33 anos o atleta muda sua genética e forma de jogar, se tornando mais lento, mas ganha em experiência. Eu aproveito este momento, que é muito bom", explicou.

Cristiano Ronaldo foi revelado pelo Sporting, de Portugal, em 2002. Após atuar em 25 partidas da liga nacional e marcar três gols, o atacante chamou atenção do treinador Alex Ferguson e foi contratado pelo Manchester United por 15 milhões de euros (cerca de R$40,3 milhões) na temporada seguinte. A consagração aconteceu no clube inglês, onde conquistou dez títulos em seis anos (2003-2009) e foi eleito melhor jogador do mundo. Com isto, acabou envolvido na maior transação da história do futebol, sendo comprado pelo Real Madrid por 94 milhões de euros (aproximadamente R$252,7 milhões).

Vinculado ao clube espanhol até junho de 2015, o atleta se tornou a principal referência no clube presidido por Florentino Pérez e adquiriu papel de protagonismo dentro de campo. Apontado por veículos europeus como alvo de interesse de equipes como Manchester City e Paris Saint-Germain, o camisa sete chegou a afirmar que estava triste no time comandado por José Mourinho e ainda não iniciou conversas para uma possível renovação contratual.

"Agora só me importo com a equipe. Conversaremos sobre isto após o final desta temporada. Juro por meu filho (Cristiano Ronaldo Jr, de dois anos) que minha tristeza jamais foi por causa de dinheiro. Não foi por isso", encerrou o atleta português.

Leia tudo sobre: real madridcristiano ronaldoespanhaportugal

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas