"Operários" do Corinthians negam desconforto com holofotes em Pato

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Guilherme e Edenílson até preferem que o atacante recém-contratado seja o centro das atenções para trabalharem com mais calma

É óbvia a preocupação do Corinthians em colocar Alexandre Pato como mais um do elenco. A apresentação não fugiu do protocolo, Tite fez questão de tornar ainda mais Tite o seu discurso - e elogiar Emerson, o mais enciumado com o reforço de R$ 40 milhões -, mas não tem jeito: o novo camisa 7 ainda chama muito a atenção.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Nesta terça-feira, por exemplo, o Corinthians preferiu que Pato não fosse o entrevistado do dia no CT do Parque Ecológico. Em vez do atacante, que fará a sua estreia como titular na quarta, apareceram três jogadores que falaram muito sobre a força do grupo e a coerência do chefe. E sobre Pato.

Pato fez seu primeiro jogo pelo Corinthians em fevereiro, contra Oeste, e marcou gol. Foto: Daniel Augusto Jr/Agência CorinthiansPato lamenta gol perdido no empate contra o Botafogo de Ribeirão Preto. Foto: Gazeta PressPato no Corinthians. Foto: Rodrigo Coca/Ag. CorinthiansPato será opção no banco. Paulinho começa o jogo. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansChicão, Pato, Alessandro, Cássio, Danilo Fernandes e Gil no avião que leva a delegação corintiana para Bogotá. Foto: Reprodução/InstagramAlexandre Pato celebra gol da virada do Corinthians. Foto: DJALMA VASSÃO / Gazeta PressDia da Síndrome de Down no Corinthians. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansPoupado por Tite, Pato acompanha jogo com a namorada Barbara Berlusconi. Foto: Djalma Vassão/Gazeta PressA bola passa por Pato dentro da área e o atacante lamenta. Foto: Miguel Schincariol/ Gazeta PressPato comemora o primeiro gol do Corinthians contra o Tijuana. Foto: Miguel Schincariol/ Gazeta PressPato está confiante para duelo contra o Tijuana. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansAlexandre Pato. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansPato é atendido depois de sentir dores no tornozelo. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansO médico e o fisioterapeuta do Corinthians analisam o tornozelo de Pato. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansEdu Dracena tenta parar Alexandre Pato durante o clássico no Morumbi. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansPato parte para cima de Léo durante clássico de Morumbi. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansParceiros de seleção nas Olimpíadas de 2012, Neymar e Pato se reencontraram no clássico entre Santos e Corinthians no Morumbi. Foto: Gazeta PressPato conduz a bola e é acompanhado por Edu Dracena. Foto: Gazeta PressPato posa para foto com Leandrinho, que trata de lesão no Corinthians. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansAlexandre Pato comemora o segundo gol do Corinthians diante do Millonarios. Foto: APAlexandre Pato tenta driblar goleiro do Bragantino. Foto: Gazeta PressPato celebra gol em sua estreia pelo Corinthians. Foto: Gazeta PressAlexandre Pato treina forte para o Paulistão. Foto: Agência CorinthiansPato chegou ao Corinthians nesta temporada. Foto: Gazeta PressAlexandre Pato deixou o estilo adolescente e adotou cabelo mais maduro para jogar no Corinthians. Foto: MontagemFoto de ensaio feito pelo Corinthians com seu mais novo contratado: Alexandre Pato. Foto: Agência CorinthiansEsta foto deixa claro que o Corinthians também vai explorar o lado galã do jogador. Foto: Divulgação/CorinthiansAtacante assinou por quatro anos com o clube. Foto: Divulgação/CorinthiansO atacante vai vestir a camisa 7 do Corinthians. Foto: Divulgação/CorinthiansPato com máscara, que, segundo o clube, identifica os contaminados pela paixão. Foto: Divulgação/CorinthiansAlexandre Pato posa para o site do Corinthians. Foto: Reprodução/Site do CorinthiansAlexandre Pato apareceu para o futebol no Internacional em 2006, aos 17 anos. Foto: Divulgação/Site oficial do InterCom o clube gaúcho, Pato foi campeão do Mundial de Clubes da Fifa em 2006. Foto: AFPAtacante brasileiro chegou ao Milan em 2007. Foto: Getty ImagesMelhor desempenho de Pato no Milan foi na temporada 2008/09, quando fez 18 gols. Foto: AFPAlexandre Pato comemora gol pela seleção. Atacante disputou a Copa América de 2011. Foto: ReutersPato também fez parte da seleção na campanha nas Olimpíadas de Londres, que terminou com a medalha de prata. Foto: Mowa PressPato comemora com o zagueiro Thiago Silva gol do Milan. Foto: AFPPato desperdiça pênalti em jogo do Milan. Foto: Getty ImagesAlexandre Pato fez apenas 25 jogos nas últimas duas temporadas pelo Milan, tendo marcado seis gols. Foto: Getty ImagesMilan aceitou proposta do PSG por Pato no início de 2012, mas atacante não aceitou a transferência. Foto: Reuters

Guilherme, substituto de Paulinho contra o Botafogo, disse não se incomodar com o barulho em torno do atacante. "Até prefiro que joguem a responsabilidade no homem, já que o nome dele é muito maior. Aí eu faço o meu papel quetinho", comentou o volante.

Edenílson seguiu a mesma linha de raciocínio. "A gente não tem essa vaidade. Se tiver essa vaidade, vou querer sair lá de trás e fazer gol. Deixe os atacantes fazerem os gols e aparecerem. O importante é a vitória", afirmou o agora lateral direito.

O próprio Pato ajuda. Ainda que atraia os holofotes por causa de sua qualidade, o jogador de 23 anos não é daqueles que adoram aparecer. Na última quarta-feira, ele foi ao Pacaembu assistir à vitória sobre o Mogi Mirim e teve o comportamento discreto elogiado por Tite.

"É isso que o Ralf falou", disse Edenílson, citando o outro operário escalado para conceder entrevista nesta sexta. "Já sabíamos da qualidade dele no futebol. E, no convívio diário aqui, ele mostrou o lado profissional e o lado humano. Acabamos o conhecendo mais, ele vai nos ajudar muito."

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: TiteCorinthians

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas