Parceria pretende inaugurar 100 lojas de produtos oficiais do Palmeiras em todo o país

O departamento de marketing, colocado como uma das prioridades na sua gestão, terá seu primeiro ato com Paulo Nobre nesta semana, completando projeto iniciado pelo antecessor Arnaldo Tirone. O Palmeiras lançou sua rede de lojas oficiais, chamada Academia Store, com a ideia de coibir a pirataria.

"Cada vez que o palmeirense consome um produto pirata, acaba debilitando a marca. É muito importante ele ter a consciência de que comprando produtos oficiais ajuda a Sociedade Esportiva Palmeiras. E temos uma gama de produtos que cabe no bolso de todo torcedor", discursou Nobre.

Paulo Nobre tem marketing como prioridade de seu mandato no Palmeiras
Gazeta Press
Paulo Nobre tem marketing como prioridade de seu mandato no Palmeiras

A parceira do Verdão na iniciativa a Meltex, empresa especializada em distribuição e gestão de marcas - trabalha também com a Disney e a Warner Bros, entre outros. A Meltex assinou em junho contrato até 2018 para o serviço e promete investir R$ 30 milhões para implantar mais de 100 lojas pelo Brasil nos próximos cinco anos.

"O Palmeiras é uma marca centenária, com prestígio mundial e mais de 15 milhões de torcedores apaixonados, além de um capital cultural enorme. Sem contar que o Palmeiras é o campeão do século XX. Isso é suficiente para qualquer empresa querer trabalhar com a marca", afirmou Gaston Krause, diretor de franquias da Meltex.

"É uma ferramenta muito interessante para o clube, com certeza é uma receita que pode crescer. Para o palmeirense é interessante ter acesso a uma gama muito grande de produtos oficiais do clube", falou Nobre, que promete facilidades para o sócio-torcedor na Academia Store.

A primeira loja, que será lançada em coquetel na noite desta terça-feira e aberta ao público a partir de quinta-feira, está localizada na rua Augusta, 2078. A Ameltex informa ter gastado quase R$ 1 milhão na unidade, que terá em seus 270 m² mais de 500 produtos diferentes, além de decoração com ídolos e lembranças históricas do clube.

A estimativa da empresa é faturar R$ 100 mil com a loja na Augusta. "É a primeira de pelo menos 100 lojas não só em São Paulo, mas no Brasil", falou Nobre. A Meltex ainda negocia com a WTorre para implantar uma megaloja de 500 m² na Arena Palesra Itália, que deve ser reinaugurada em até outubro deste ano.

A primeira fase da implantação da Academia Store será com expansão pelo Estado de São Paulo, partindo na sequência para Paraná, Goiás, Mato Grosso do Sul e capitais do Nordeste. O objetivo é ter não só lojas de ruas, mas em shoppings, mesmo com quiosques. A aposta é em franquias, com convite aos interessados para acessarem o site academiastore.com.br.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.