Contra a Inglaterra, o Brasil vai jogar com a seguinte formação: Júlio César; Daniel Alves, Dante, David Luiz e Adriano; Paulinho, Ramires, Oscar e Ronaldinho; Neymar e Luis Fabiano

No único treinamento realizado em solo europeu antes do amistoso  contra a Inglaterra, nesta quarta-feira,contra a Inglaterra, Luiz Felipe Scolari definiu a formação titular da seleção brasileira com várias novidades em relação ao time que vinha sendo testado por Mano Menezes. Além do goleiro Júlio César, que retoma seu espaço após duas temporadas afastado, o meia Ronaldinho Gaúcho, o zagueiro Dante e o atacante Luis Fabiano vão começar jogando em Wembley.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

No Hive Football Centre, a equipe realizou um treinamento de bola parada sob o comando do auxiliar Flávio Murtosa para, na sequência, Felipão cobrar "um pouquinho" a parte técnica. Diante da Inglaterra, o Brasil começará com a seguinte formação: Júlio César; Daniel Alves, Dante, David Luiz e Adriano; Paulinho, Ramires, Oscar e Ronaldinho Gaúcho; Neymar e Luis Fabiano.

"Até agora vimos um excelente ambiente entre os atletas e falamos um pouquinho da parte técnica, porque não tem muito o que falar. Fizemos parte tática, trabalho com bola parada e aos poucos vamos desenvolver um trabalho que já será melhor em março. A ideia é essa até a Copa das Confederações, quando já imaginamos ter o time em sua totalidade para o Mundial", comentou Felipão, antes mesmo de comandar o treinamento.

Leia mais: Neymar completa 21 anos e ganha bolo na concentração da seleção

As alterações de Felipão mudaram a seleção quase em sua totalidade. Em outubro de 2012, na goleada por 4 a 0 sobre o Japão em um amistoso na Polônia, Mano Menezes repetiu apenas Adriano, mas improvisado na lateral direita, Paulinho, Ramires, Oscar e Neymar. Diego Alves e Leandro Castán ficam no banco de reservas, Thiago Silva está lesionado, e Kaká e Hulk sequer foram convocados.

Felipão teve apenas duas preocupações para escalar a Seleção Brasileira - a primeira foi Hernanes, que acabou cortado na semana passada e substituído por Jean por conta de um trauma no crânio após partida pela Lazio. A outra dúvida é David Luiz, do Chelsea, que sente um problema na panturrilha e ainda será reavaliado pelo departamento médico. Caso o zagueiro vice-campeão mundial não possa entrar em campo, o treinador escolherá entre Leandro Castán e Miranda.

* com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.