"Somos a única equipe do Brasil que fica na meia-lua para marcar a bola parada lateral. E fazemos isso desde o ano passado, treinando para o Mundial", explica o zagueiro

Paulo André no jogo Corinthians x Oeste pelo Campeonato Paulista
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Paulo André no jogo Corinthians x Oeste pelo Campeonato Paulista

Em tempos em que a maioria dos técnicos brasileiros utiliza o Barcelona como exemplo, Tite preferiu se basear no Real Madrid para orientar a defesa do Corinthians no final do ano passado. O zagueiro Paulo André contou durante o programa Mesa Redonda  que a linha de impedimento corintiana é inspirada na do time da capital espanhola.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

"O Tite viu a marcação no Real Madrid, passou um vídeo e disse que assim era mais seguro. Treinamos duas semanas e, na terceira, testamos contra o Atlético-GO", contou Paulo André.

O zagueiro ainda detalhou como funciona a estratégia defensiva do Corinthians (e do Real Madrid): "Somos a única equipe do Brasil que fica na meia-lua para marcar a bola parada lateral. E fazemos isso desde o ano passado, treinando para o Mundial".

Para Paulo André, a linha de impedimento tem surtido efeito. "Ficando a três, quatro passos da linha da grande área desde as últimas seis rodadas do Brasileiro, não tomamos nenhum gol. Isso é mérito do treinador", enalteceu.

Elogiado por Paulo André, Tite também fala bem de seu zagueiro. Após a goleada sobre o Oeste, no domingo, no Pacaembu, ele afirmou que o jogador "voltou muito bem das férias".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.