Felipão e jogadores embarcam para Londres fugindo de entrevistas

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Antes de viagem para primeiro amistoso da nova passagem do técnico, apenas Luis Fabiano deu declarações

Getty Images
Felipão embarcou calado para Londres

Antes de Luiz Felipe Scolari reestrear na seleção brasileira, em amistoso contra a Inglaterra na quarta-feira, o técnico e os jogadores que atuam no Brasil deixaram São Paulo em silêncio. No Aeroporto Internacional de Guarulhos, o único a falar, e rapidamente, foi Luis Fabiano.

Em poucas palavras, o centroavante, que domingo atuou em Santos na derrota do São Paulo na Vila Belmiro, enalteceu mais uma vez sua presença na primeira lista de convocação do novo treinador. "Preciso fazer o que já tenho feito no São Paulo. Tomara que dê certo", disse rapidamente.

Concorrente na vaga de titular como centroavante, Fred esteve no aeroporto com Jean, seu companheiro no Fluminense. E ambos, assim como Paulinho, do Corinthians, e Neymar e Arouca, do Santos, aceleraram para escapar de uma aglomeração de fãs e repórteres, visando o embarque o mais rápido possível.

Antes, Felipão, o auxiliar Flávio Murtosa e o preparador de goleiros Carlos Pracidelli também foram ligeiros na passagem pelo saguão em Guarulhos. Tanto o treinador como seus companheiros de comissão técnica, no entanto, não costumam dar entrevistas em embarques ou desembarques.

O embarque da delegação brasileira estava previsto para as 23h50 (de Brasília) para Londres, local da primeira partida da Seleção sob o comando de Luiz Felipe Scolari nesta segunda passagem do treinador pela equipe - na anterior, a equipe conquistou a Copa do Mundo de 2002.

Leia tudo sobre: seleção brasileirafelipãoinglaterraamistosoluis fabiano

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas