São-paulinos citam gol anulado e pênalti marcado a favor do Santos como decisivos para o clássico da Vila Belmiro

Os jogadores e a comissão técnica do São Paulo contestaram a arbitragem de Flávio Rodrigues Guerra na derrota por 3 a 1 para o Santos, neste domingo, na Vila Belmiro. O atacante Luis Fabiano marcou um gol mal anulado ainda no primeiro tempo e deixou o campo reclamando.

"O gol tinha sido legal e o pênalti para eles não existiu. Às vezes, isso acontece. Mas o Santos foi feliz e fez um bom placar", lamentou o atacante, depois do tropeço neste Campeonato Paulista.

Quando o jogo estava com vantagem mínima para o Peixe, Jadson cobrou falta para a área e Luis Fabiano completou para as redes, mas a assistente Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo assinalou posição irregular do atacante.

Já no início do segundo tempo, Flávio Rodrigues Guerra marcou pênalti de Paulo Miranda sobre Neymar, que converteu a cobrança. A jogada também foi bastante contestada pelos são-paulinos, como o técnico Ney Franco.

"Não gosto muito de criticar a arbitragem, mas os erros determinaram, embora o Santos tenha feito uma boa partida. Infelizmente, foram erros contra nossa equipe. Não vou ficar me queixando e pedi também para os jogadores esquecerem, porque estamos em outra competição em que temos de ficar concentrados", afirmou o treinador, em referência à Copa Libertadores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.