Luxemburgo exalta preparação do Grêmio para passar pela LDU

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Técnico acredita que a derrota por 1 a 0 em Quito no primeiro jogo foi muito importante para a classificação da equipe para a fase de grupos da Libertadores

A derrota em Quito foi importantíssima para a classificação do Grêmio para a fase de grupos da Libertadores. A curiosa análise é do técnico Vanderlei Luxemburgo. O comandante fez questão de exaltar a preparação feita pelo time no Equador, de onde saiu vivo após perder por 1 a 0, revertendo a vantagem conquistada pela LDU no jogo de volta, nesta quarta, na Arena.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"O Grêmio não conquistou a classificação hoje. Ganhou quando foi a Quito treinar por dez dias com humildade, reconhecendo a força da LDU. Jogamos lá de igual para igual e perdemos pelo resultado mínimo. Foi ali que conseguimos a vaga, pois placar mínimo dá para reverter no jogo de volta", avaliou Luxa, após a vitória nos pênaltis, por 5 a 4.

Leia também: De luto por Santa Maria, Arena Grêmio leva susto em seu primeiro jogo oficial

Elano comemora gol do Grêmio. Foto: APAndré Lima tenta o domínio da bola. Foto: APVargas disputa a bola com jogador da LDU. Foto: APTorcedores do Grêmio que caíram da arquibancada são atendidos no gramado. Foto: APTorcedora é carregada após queda de grade na comemoração do gol do Grêmio. Foto: Gazeta PressJogadores do Grêmio entraram em campo com faixa de apoio às vítimas do incêndio em Santa Maria. Foto: Gazeta PressTorcida do Grêmio demonstrou luto pela tragédia em Santa Maria. Foto: Gazeta Press

Luxemburgo revelou que não escalou Alex Telles em Quito porque sabia que a LDU forçava muito as jogadas por aquele lado do campo: "aqui não tinha problema, o ambiente era propício para lançar o garoto. Ganhamos um atleta hoje. E tem o Bressan, que também não tive nenhum temor em colocar desde o começo", disse Luxemburgo, referindo-se ao zagueiro que substituiu o experiente Cris, lesionado na panturrilha.

O técnico do Grêmio rechaçou a ideia de que o time não esteja bem por ter passado com tantas dificuldades pela pré-Libertadores. "Não tem desconfiança nenhuma. Classificação em Libertadores é assim, no mata-mata ocorre desta forma. Em 2007, o Grêmio perdia fora e ganhava em casa. Eu ganhei vários jogos seguidos com o Santos e perdi para o Grêmio com um time fantástico. Assim é a Libertadores", lembrou.

Cansado pela dramaticidade da partida, Luxa não quis comentar a respeito da fase de grupos, onde o Grêmio enfrentará Fluminense, Huachipato e Caracas. A equipe deve receber descanso nesta quinta. O time sub-23 jogará em Ijuí, contra o São Luiz, nesta quinta, pela 4ª rodada do Campeonato Gaúcho.

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: GrêmioCopa Libertadores 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas