Goleiro santista avisa que foca as atenções para o duelo desta quarta e não pensa no clássico diante do São Paulo, no domingo

Focado no duelo contra o Ituano, nesta quarta-feira, a partir das 22 horas (de Brasília), no Estádio Novelli Júnior, o goleiro Rafael garante que ainda não pensa no clássico com o São Paulo, marcado para o próximo domingo, na Vila Belmiro. Mesmo sabendo que o jogo diante do Tricolor Paulista é aguardado com grande expectativa pelo torcedor santista, em razão do reencontro da equipe praiana com o agora meia são-paulino Paulo Henrique Ganso, o camisa um do Peixe mantém o pensamento em uma partida por vez.

Leia mais: Para se manter na liderança, Santos duela com o Ituano fora de casa

Rafael, goleiro do Santos
Gazeta Press
Rafael, goleiro do Santos

"Para parte da torcida é natural dar mais importância para o clássico, mas temos que fazer um bom jogo (contra o Galo de Itu) para chegarmos tranquilos. Se não tivermos um resultado positivo, teoricamente fica ruim. Queremos vencer, fazer o máximo de pontos possível (no início do Paulistão). Por isso, precisamos pensar primeiro no Ituano, um adversário difícil, com um estádio pequeno e estreito", analisou Rafael.

Com a insistência no tema, o arqueiro admitiu que será uma sensação diferente ter Ganso como adversário, pela primeira vez, no clássico do próximo final de semana. "É diferente porque a gente sempre teve o Ganso do nosso lado. Joguei com ele desde a base até o profissional. Agora ele está no São Paulo, jogando contra a gente, e será uma preocupação a mais", explicou.

Rafael elogiou a qualidade do atual camisa 8 do São Paulo, mas minimizou a importância do reencontro com Paulo Henrique Ganso. O goleiro acredita que o confronto entre os rivais merece maior destaque do que o lado individual do clássico.

"O São Paulo é maior do que todos, o Santos também. Temos que nos preocupar com todo o time deles, apesar de sabemos que o Ganso é diferenciado. Precisamos entrar atentos para vencer, independentemente de quem esteja em campo", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.