Com lista de reforços, Brunoro promete dispensar 'fatiados' na base

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

O diretor executivo do Palmeiras também garante ter na manga reforços para o elenco do técnico Gilson Kleina

Gazeta Press
José Carlos Brunoro é apresentado no Palmeiras

O Palmeiras não contrata nenhum jogador desde o início de dezembro, quando acertou com Fernando Prass, mas o diretor executivo do clube, José Carlos Brunoro, garante ter na manga reforços para o elenco do técnico Gilson Kleina. E ainda manda recado a empresário e até conselheiros que tentam encaixar atletas no clube mantendo parte dos direitos econômicos.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"É tudo profissional. Peço desculpas ao conselheiro e até ao Palmeiras, mas, se tem um jogador da base que tiver perna de um, cabeça de um, perna de um, vai embora. Acabou", disse à TV Bandeirantes o dirigente que passou os últimos oito anos trabalhando com foco nas categorias de base do Audax-SP e do Audax-RJ, mantidos pelo Grupo Pão de Açúcar.

"O conselheiro no Palmeiras chegou a essa situação porque deixaram. Eu mesmo já respondi vários torpedos de conselheiro falando que tem jogador. Digo que a partir de agora tem pessoas pensando nisso, vamos tomar a posição certa para o clube. Não vai ter mais espaço para isso. Vamos ouvir um ou outro, mas essas situações vão diminuir, e muito", prometeu Brunoro.

Leia mais: Luan pediu para ser emprestado: “Vou voltar e vencer no Palmeiras”

Os reforços virão por outros meios, segundo o dirigente. "Tenho uma relação de jogadores que foram oferecidos e querem vir para o Palmeiras. Estou até feliz por ter essa confiança. Tem jogadores de todos os níveis: aquele que quer colocar um garoto, um mais experiente. Tudo envolve dinheiro", apontou.

Os problemas financeiros comprometem, inclusive as eleições presidenciais terem ocorrido só na semana passada, após o ex-presidente Arnaldo Tirone ter passado o último precisando do aval do Conselho de Orientação e Fiscalização para fazer qualquer contratação.

Veja também: Paulo Nobre quer Palmeiras com 100 mil sócios-torcedores

"É uma sequela no meio do caminho. Precisamos de inteligência para buscar reforços com o carro andando", falou Brunoro, apostando, porém, em um plantel de qualidade em menos de um mês. "Já começamos a ter um time mais competitivo na primeira fase da Libertadores. O elenco está muito reduzido e precisa ter mais jogadores também", admitiu.

Leia tudo sobre: palmeirasbrunoro

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas