Argentino tem se destacadp pelos passes precisos para seus parceiros de time no Paulistão

Principal reforço do Santos para a temporada, o meia Montillo ainda não balançou as redes com a camisa do Peixe. Em compensação, o jogador argentino ajudou a equipe praiana a buscar o empate com o Bragantino, no último domingo, no Estádio Nabi Abi Chedid. Montillo, que fez o lance individual antes de tocar para Cícero marcar o primeiro gol santista no duelo, destacou a importância pessoal que as assistências têm para ele.

Montillo tem sido fundamental ao Santos
Flickr/Santos F.C.
Montillo tem sido fundamental ao Santos

"Comemoro muito as minhas assistências. Vocês (jornalistas) viram contra o Bragantino a minha reação. Eu comemorei bastante. Para mim, foi muito importante deixar o Cícero numa boa situação para fazer o gol. Às vezes eu comemoro mais isso do que um gol", disse o camisa 10.

Apesar disso, Montillo, que já disputou quatro partidas pela equipe alvinegra - um amistoso e três pelo Campeonato Paulista -, tenta controlar a ansiedade para o seu primeiro gol pelo Santos. O meia ressaltou que tem procurado trabalhar forte e não encarar a ‘pressão’ por um gol como obsessão, mesmo sabendo que a cobrança será intensa, até mesmo pelo valor da sua transferência. O Peixe desembolsou 6 milhões de euros (R$ 16 milhões) para tirar Montillo do Cruzeiro, naquela que é a contratação mais cara da história do clube praiano.

"Não sei se chega a ser uma ansiedade. O mais importante é ajudar o time. Mas tenho certeza que, aos poucos, as oportunidades vão aparecer e o gol vai chegar. Porém, eu não posso cair nessa cobrança. A ansiedade pode fazer as coisas ficarem piores", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.