Corinthians treina com equipe da final contra o Chelsea

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Na atividade, um coletivo em campo reduzido, o técnico escalou a equipe que conquistou o bicampeonato mundial de clubes

Alessandro, capitão do Corinthians, ergue a taça do Mundial de Clubes, ao lado de seus companheiros. Foto: AFPPaolo Guerrero sai para festejar seu gol diante do Chelsea. Foto: Getty ImagesDe outro ângulo, Guerrero sobe para marcar o gol do título do Corinthians. Foto: ReutersGuerrero sobe de cabeça para fazer o gol do Corinthians, observado por Ramires. Foto: Getty ImagesJogadores do Corinthians posam antes da final do Mundial de Clubes, quando venceu o Chelsea por 1 a 0. Foto: Getty ImagesTorcida do Corinthians na quadra da Gaviões da Fiel vai à loucura após o gol de Guerrero, diante do Chelsea. Foto: APO peruano Guerrero tenta arremate, bloqueado por zagueiro do Chelsea, durante a final em Yokohama. Foto: AFPO goleiro Cássio salva em cima da linha, observado por Chicão, Moses e Cahill. Foto: ReutersDavid Luiz discute com o técnico Tite após uma jogada mais dura do zagueiro do Chelsea. Foto: Getty ImagesTorcedores do Corinthians lotam a quadra da torcida organizada Gaviões da Fiel, acompanhando a final do Mundial de Clubes. Foto: APChicão consegue cortar a bola e evita chute de Hazard. Foto: AFPO espanhol Fernando Torres encara a marcação de Jorge Henrique e Paulinho. Foto: AFPO lateral corintiano Alessandro rebate a bola e evita ataque de Fernando Torres. Foto: AFPJogadores de Corinthians e Chelsea ficam perfilados antes de entrar em campo em Yokohama. Foto: Getty ImagesTorcedor corintiano apóia o time durante a final contra o Chelsea, em Yokohama. Foto: ReutersBandeira do Corinthians sendo vendida na porta do estádio. Ela custa 1.000 ienes, cerca de R$ 24. Foto: Bruno Winckler / iGEscadaria do estádio de Yokohama tomada de corintianos antes da partida contra o Chelsea. Foto: Bruno Winckler / iGCorintianos tomaram conta da "Fan Fest", espaço reservado pela Fifa aos torcedores. Foto: Bruno Winckler / iGJaponês fã do Chelsea. Ele tem Gianfranco Zola como ídolo. O ex-jogador italiano é um ícone para os torcedores do time inglês do tempo das "vacas magras" pré-Abramovich. Foto: Bruno Winckler / iGFaixa para Ronaldo levada pelos torcedores do Corinthians para o Japão. Foto: Bruno Winckler / iG

Tite voltou de Mirassol antes dos jogadores que bateram o time local no último domingo por causa do treino da manhã nesta segunda-feira. Na atividade, um coletivo em campo reduzido, o técnico escalou a equipe que derrotou o Chelsea na final do Mundial.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A diferença foi a presença de Yago no lugar do contundido Chicão, que passou por uma artroscopia no joelho esquerdo. O parceiro de Paulo André contra o Mogi Mirim, na quarta-feira, será um dos dois zagueiros que vêm atuando, Felipe ou Gil.

Renato Augusto, que foi bem em sua estreia no final de semana, também não treinou, tendo apenas um trabalho de recuperação na programação do dia. É possível que ele permaneça entre os titulares, em um dos postos na linha de armadores.

Leia mais: Tite espera resposta dos titulares sobre retorno e cobra liberação de Pato

Como Danilo Fernandes e Julio Cesar também foram a Mirassol - e Cássio trata de um problema no ombro -, o time treinou com Rafael no gol. O restante da escalação tinha: Alessandro, Yago, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Paulinho; Jorge Henrique, Danilo e Emerson; Guerrero.

Alexandre Pato trabalhou apenas entre os reservas, antes de tentar derrubar uma blusa colocada no ângulo em chutes de longe, e tem poucas chances de ser relacionado para a próxima partida. A escalação será definida no treino tático programado para a tarde desta terça.

Leia tudo sobre: CorinthiansTite

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas