Na visita técnica, a construtora Odebrecht esclareceu que, por causa das estruturas provisórias para a Copa do Mundo de 2014, a arena só ficará pronta após a competição

As obras do estádio do Corinthians, em Itaquera, receberam nesta sexta-feira representantes da Fifa, da Prefeitura de São Paulo e do Governo do Estado. Na visita técnica, a construtora Odebrecht esclareceu que, por causa das estruturas provisórias para a Copa do Mundo de 2014, a arena só ficará pronta após a competição.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"O estádio vai ficar pronto até dezembro de 2013. Depois disso, serão necessárias pequenas adaptações a ser feitas. Elas não vão causar nenhum transtorno nas partidas realizadas antes e durante a Copa", disse o diretor de contrato da empreiteira, Antonio Gavioli.

Em 2011, iG revelou que cronograma previa conclusão das obras durante a Copa

A sede da abertura do Mundial estará 92% pronta no momento em que a bola rolar para a estreia do Brasil. No momento, de acordo com o Corinthians e com a Odebrecht, o andamento está na casa dos 62%, o que dá alguma tranqüilidade em relação ao prazo do fim do ano.

Leia mais: Corinthians é time com maior receita fora da Europa

O problema é a grana. A prefeitura disse estar comprometida a agilizar a liberação dos incentivos fiscais de R$ 420 milhões. Segundo a vice-prefeita Nádia Campeão, o primeiro lote, de R$ 156 milhões, está em fase final de aprovação.

Ainda é necessário aprovar o empréstimo de R$ 400 milhões do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). Agora liderada pelo ex-presidente corintiano Andrés Sanchez, a negociação é complicada e envolve garantias em relação à administração do estádio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.