Atacante do São Paulo, destaque na vitória sobre o Bolívar, prevê dificuldades no torneio

Para o atacante são-paulino Osvaldo, dois clubes brasileiros são os maiores rivais tricolores nesta edição da Copa da Libertadores da América. Nesta quinta-feira, o atleta elegeu Corinthians e Atlético-MG como os grandes empecilhos do São Paulo na busca pelo tetracampeonato do torneio continental.

Osvaldo tem se destacado no São Paulo
Gazeta Press
Osvaldo tem se destacado no São Paulo

"O Corinthians é o atual campeão, o time a ser batido, é muito forte. E o Atlético-MG também", explicou à SporTV .

O primeiro desses desafios pode não estar longe. Depois de golear o Bolívar por 5 a 0 nessa quarta, o Tricolor ficou próximo de garantir uma vaga no Grupo E, que conta com Arsenal-ARG, The Strongest e o próprio Atlético-MG.

Osvaldo foi um dos protagonistas da goleada, balançando as redes uma vez, dando uma assistência e sofrendo o pênalti que originou o quinto gol, convertido por Rogério Ceni. O goleiro, inclusive, foi homenageado pelo próprio atacante, que, após marcar o primeiro gol, atravessou todo o gramado para comemorar com o companheiro de equipe.

"Eu sai correndo para abraçá-lo. Ele fez 40 anos, merecia uma homenagem. Ele ajuda todo mundo dentro do elenco, todos gostam dele. Sempre me falou para eu não abaixar a cabeça, continuar treinando, me ajuda até com a questão de posicionamento", disse.

A partida de volta da pré-Libertadores está marcada para a próxima quarta-feira, em La Paz. Antes disso, o Tricolor volta a campo neste sábado, contra o Atlético Sorocaba, no Morumbi, às 17 horas (de Brasília).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.