Grêmio recebe Canoas em penúltimo jogo da história do Olímpico

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Em meio à disputa da primeira fase da Libertadores, time manda a campo formação com reservas e jovens jogadores no Campeonato Gaúcho

Gazeta Press
Léo Gago deverá estar entre os titulares do Grêmio

O último jogo da história do Estádio Olímpico era para ter sido o Gre-Nal da última rodada do Brasileirão do ano passado. Os torcedores do Grêmio lotaram sua histórica casa no dia 2 de dezembro de 2012 para a despedida. Até que veio a surpresa, em meados de janeiro: para não desgastar o novo gramado da Arena, a equipe disputaria seus dois primeiros jogos no Campeonato Gaúcho no velho estádio do bairro Azenha. O primeiro deles ocorre nesta quinta-feira, contra o Canoas.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O jogo, válido pela 2ª rodada da Taça Piratini, traz a campo um time formado basicamente por reservas e juniores do Grêmio. Com a equipe principal disputando a fase inicial da Libertadores, contra a LDU, são os novatos que têm representado o clube no começo do Gauchão. O que não significa qualquer fragilidade: na estreia, contra o Esportivo, em Bento Gonçalves, venceram por 2 a 0.

O centroavante Lucas Coelho, destaque gremista na Copa São Paulo de Juniores, foi o melhor jogador em campo a autor do primeiro gol da partida do último domingo. "Depende dele dar sequência ao trabalho. É um menino que está há tempo no clube e é bastante identificado com o Grêmio", elogiou o técnico Marcelo Mabília, que também treinará a equipe na partida desta quinta-feira.

A escalação que venceu no domingo deve ser mantida por Mabília. Os experientes Werley e Léo Gago, que não podem atuar nos três primeiros jogos da Libertadores por conta de uma suspensão, estão confirmados para iniciar a partida no Olímpico. O time principal gremista só atuará no Gauchão pela primeira vez no Gre-Nal do dia 3 de fevereiro. Os garotos ainda enfrentarão o Santa Cruz, no próximo domingo, e o São Luiz, no dia 31.

O Canoas, considerado por muitos um dos times mais fracos deste Gauchão, começou a competição empatando com o atual vice-campeão, Caxias, em casa, por 0 a 0. O nome mais conhecido da equipe treinada por Rodrigo Bandeira é o meia Maicon Sapucaia, que já passou por diversos clubes do interior do estado. A curiosidade é que a equipe da região metropolitana de Porto Alegre foi a última a se apresentar no Olímpico pelo Gauchão: nas semifinais da Taça Farroupilha do ano passado, perdeu para o Grêmio por 1 a 0.

A segunda rodada da Taça Piratini se completa nesta quinta com mais dois jogos. Às 17 horas, o Caxias recebe o Veranópolis, em um duelo entre times da Serra Gaúcha. Às 19 horas, é a vez de Lajeadense e São Luiz se enfrentarem no Estádio Alviazul, em Lajeado.

FICHA TÉCNICA - GRÊMIO X CANOAS
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS) 
Data: 24 de janeiro de 2013, quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília) 
Árbitro: Vinícius Costa (RS) 
Assistentes: Lúcio Beiersdorf Flor e Marcelo Oliveira e Silva (ambos do RS)

GRÊMIO: Busatto; Tinga, Gérson, Werley e Carlos Alexandre; Ramiro, Léo Gago, Calyson e Rondinelly; Gustavo Xuxa e Lucas Coelho.
Técnico: Marcelo Mabília

CANOAS: Nicolas; Michel, Tairone, Gustavo Gaúcho e Julinho; Nathan, Fabinho, Ricardo, Adílson e Maicon Sapucaia; Pepe.
Técnico: Rodrigo Bandeira

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: grêmiocanoascampeonato gaúcho 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas