Paulo Pelaipe disse que o assunto é interno e ficou irritado com a repercussão da entrevista do volante

O Dia

Ibson deixou em dúvida a sua permanência no Flamengo
Ernesto Carriço/Agência O Dia
Ibson deixou em dúvida a sua permanência no Flamengo

A nova diretoria já está sentindo que não é tão simples comandar um clube como o Flamengo. Bastou um empate com o Madureira para que pipocasse uma crise no elenco. O pivô, no caso, é o meia Ibson, justamente o autor do gol único do Rubro-Negro na partida.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Ao ser abordado pela imprensa, no intervalo da partida, o jogador colocou em dúvida seu futuro no Flamengo, em razão do seu salário, em torno de R$ 350 mil, e considerando a política de cortes de gastos da diretoria. Visivelmente contrariado, Ibson pouco festejou o gol que fez.

"Não temos nada em curso sobre saída de jogador do Flamengo, mas não vou falar sobre isso com a imprensa. É um assunto interno. Posso dizer que não há jogador inegociável. Se algum clube fizer uma proposta considerada boa para o Flamengo e sobre qualquer jogador, vamos sentar e negociar", disse o diretor executivo de futebol do Flamengo, Paulo Pelaipe.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.