Com a vitória por 3 a 0 sobre o Vitória de Setúbal, time divide liderança com o rival de Lisboa, mas leva desvantagem no salto de gols

Jackson Martinez comemora gol do Porto
AP
Jackson Martinez comemora gol do Porto

No último jogo atrasado da tabela do Campeonato Português, para azar do Benfica, o Porto venceu o Vitória de Setúbal por 3 a 0 e voltou a dividir a liderança com os encarnados, somando 39 pontos atualmente. Fora de casa, no estádio do Bonfim, o time do técnico Vítor Pereira atingiu seu 12º resultado positivo, igualando o rival de Lisboa, que só mantém o primeiro lugar por conta do saldo de gols.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O Campeonato Português viverá sua 16ª rodada no próximo final de semana, mas o Porto só liquidou a 12ª rodada na tarde desta quinta-feira, graças aos atrasos proporcionados pelas fortes chuvas que atingiam Setúbal em meados de dezembro de 2012. Enquanto o Porto avança a 39 pontos e não permite ao Benfica se distanciar, o Vitória permanece com 14, na penúltima posição.

Em cobrança de pênalti, logo aos nove minutos do primeiro tempo, Jackson Martinez abriu o placar a favor do Porto, que contava com os brasileiros Helton, Danilo, Alex Sandro e até Kelvin, ex-jogador do Paraná, entre os titulares. No banco, Vítor Pereira acionou Maicon e Sebá com bola rolando e manteve sentado o goleiro Fabiano.

O Vitória de Setúbal, que contava apenas com os brasileiros Bruno Turco, Jorge Luiz, Bruno Gallo e Ney Santos, bem que tentou reagir, mas acabou levando dois gols-relâmpago, aos 44 e aos 46 minutos do segundo tempo. O colombiano Jackson Martinez aumentou a contagem que ele mesmo havia aberto e Lucho González concluiu a vitória por 3 a 0.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.