Meia foi para a reserva no último treino antes do primeiro jogo do São Paulo na competição

Ganso foi reserva no treino desta terça-feira
Reginaldo Castro/Agência O Dia
Ganso foi reserva no treino desta terça-feira

O técnico Ney Franco surpreendeu no último treino coletivo para o jogo de ida da primeira fase da Copa Libertadores, contra o Bolívar. Na manhã desta terça-feira, ele sacou Paulo Henrique Ganso do time titular e promoveu a entrada do atacante Aloísio.

Rogério Ceni completa 40 anos. Relembre a carreira do ídolo são-paulino

Desenhada no mesmo esquema tático 4-2-3-1 da vitória de sábado sobre o Mirassol, a escalação principal foi Rogério Ceni; Douglas, Lúcio, Rhodolfo e Cortez; Wellington, Denilson e Jadson; Aloísio, Osvaldo e Luis Fabiano.

Ney Franco faz bem em optar por Aloísio no lugar de Ganso para a estreia na Libertadores?

Aloísio em nenhum momento trabalhou entre os titulares ao longo da pré-temporada em Cotia, apesar de ter se saído bem quando testado, principalmente nos jogos-treino contra Grêmio Barueri e Red Bull. Ao mesmo tempo, Ganso também nunca esteve entre os suplentes.

Durante a movimentação desta manhã, Ney Franco procurou conversar mais com os homens de frente, principalmente com Aloísio, que se destacou no ano passado, no Figueirense, atuando como centroavante. Foi centralizado que ele se tornou o terceiro artilheiro do Campeonato Brasileiro.

O treinador concede entrevista nesta segunda-feira e poderá confirmar os jogadores que iniciarão a partida. O zagueiro Paulo Miranda está suspenso pela expulsão na final da Sul-americana. Por outro lado, o lateral esquerdo Cortez está recuperado de dores musculares na coxa direita.

Classificado para a Libertadores através do Brasileiro da temporada passada, o São Paulo disputa contra o Bolívar uma vaga na fase de grupos, ao lado de Atlético-MG, The Strongest-BOL e Arsenal-ARG. O primeiro duelo será às 22 horas (de Brasília) desta quarta-feira, no Morumbi.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.