Meia holandês foi recebido com festa em sua chegada a Istambul, onde será companheiro de Felipe Mello

Carrasco do Brasil na última Copa do Mundo, quando marcou os dois gols que eliminaram o Brasil nas quartas de final, o holandês Wesley Sneijder foi recebido com festa em sua chegada a Istambul. Contratado pelo Galatasaray, o meia será companheiro de Felipe Mello, expulso na partida em que a seleção foi desclassificada, após pisar em Arjen Robben.

"Estou muito feliz com o acordo com o Galatasaray, e mal posso esperar para usar essa camisa. Sei que os turcos são muito apaixonados pelo futebol. Já passei por muita coisa no futebol, mas isto ultrapassa tudo", falou o holandês, impressionado com a recepção da torcida.

Durante sua apresentação aos sócios do time turco, Sneijder disse que consultou o português José Mourinho e o holandês Louis Van Gaal antes de se decidir pelo Galatasaray. "Informei-me bem antes de vir para a Turquia. Telefonei ao José Mourinho e ao Louis Van Gaal, que são duas figuras-chave na minha carreira, e ambos me disseram para vir".

Sneijder reconheceu que não está mais entre os melhores jogadores da Europa, e apontou o fato como principal motivo para não ter se transferido para um dos grandes clubes do Velho Continente.

"Por qual motivo eu não fui para um dos cinco grandes clubes da Europa? Porque eu não estou mais entre os cinco melhores. Assim como o Inter também não estava entre os cinco melhores clubes", disse Sneijder, alfinetando seu ex-clube, em entrevista ao jornal De Telegraaf .

Com a camisa da Inter de Milão, o jogador conquistou um Campeonato Italiano (2009-2010), uma Liga dos Campeões (2009-2010), um Mundial de Clubes (2010), duas Copas da Itália (2009-2010; 2010-2011) e uma Supertaça da Itália (2010-2011.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.