Libertadores começa nesta terça-feira. Confira análise dos times brasileiros

Por iG São Paulo * | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Com seis representantes na competição continental, o Brasil espera continuar a exercer a supremacia conquistada nos últimos anos

Principal competição de clubes da América do Sul, a Copa Libertadores 2013 começa nesta terça-feira, ainda em sua fase preliminar. Tigre, da Argentina, e Deportivo Anzoátegui, da Venezuela, se enfrentam às 21h15, no Estádio Monumental Victoria. Mais tarde, às 23h45, o León, do México, recebe o Deportes Iquique, do Chile.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Nesta primeira fase, 12 times brigam pelas seis vagas que ainda restam para integrar um dos oito grupos. Dois brasileiros – Grêmio e São Paulo - precisarão passar por LDU, do Equador, e Bolívar, da Bolívia, respectivamente, para se garantir na fase de grupos.

Com seis representantes, o Brasil espera continuar a exercer a supremacia conquistada nos últimos anos. Internacional (2010), Santos (2011) e Corinthians (2012) venceram as últimas três edições da competição. Porém, em número de títulos, os clubes brasileiros ainda estão longe dos argentinos. Os “hermanos” já conquistaram o caneco 22 vezes, contra 16 títulos brasileiros.

Confira a análise dos times brasileiros:

Corinthians

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Paulinho é destaque do Corinthians

Atual campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes, o Corinthians entra na 54ª edição da competição continental como grande favorito, no grupo 5, ao lado de Millonarios-COL, San José-BOL e Tijuana-MEX. Como se não bastasse a manutenção do elenco de 2012, o clube ainda contará com um reforço de peso: Alexandre Pato, que custou aos cofres do clube 15 milhões de euros (cerca de R$ 45 milhões) e se tornou a contratação mais cara da história do futebol brasileiro. Além do ex-atacante do Milan, o técnico Tite também viu seu elenco fortalecido pela chegada do zagueiro Gil, ex-Valenciennes-FRA, e do meia Renato Augusto, que estava no Bayern Leverkusen-ALE.

Destaque: Paulinho

Tido como um desconhecido em sua chegada ao time de Parque São Jorge, no ano de 2010, o volante Paulinho se tornou peça fundamental no meio de campo do Corinthians. Em 2012, o camisa 8 acumulou convocações para a seleção e foi um dos principais destaques do time na conquista do inédito título da Libertadores. Assediado por clubes da Europa, Paulinho garantiu a permanência no Corinthians para tentar a conquista do bicampeonato da competição.

Fluminense

Photocamera
Fred é destaque do Fluminense

No grupo 8, com Caracas-VEN, Huachipato-CHI e o vencedor do confronto entre Grêmio e LDU-EQU, o Fluminense segue o exemplo do Corinthians, e aposta no elenco que conquistou o título do Campeonato Brasileiro em 2012. O experiente Deco, um dos principais jogadores do time comandado por Abel Braga, terá a companhia de Felipe no meio de campo, que rescindiu contrato com o Vasco e chegou para reforçar o Flu na disputa da Libertadores. Além do meia de 35 anos, a diretoria também trouxe o lateral Wellington Silva, ex-Flamengo, o meia-atacante Rhayner, do Náutico, e o lateral-esquerdo argentino Fabián Monzón, emprestado pelo Lyon-FRA.

Destaque: Fred

O atacante esteve com o Fluminense em um dos piores momentos da história recente do clube. O ano era 2009, e o péssimo desempenho da equipe no Campeonato Brasileiro tornava o rebaixamento uma questão de tempo. Na reta final da competição, os comandados de Cuca desmentiram todas as probabilidades negativas com uma reação inesperada, e se livraram da queda para a Série B. Dentro de campo, os gols de Fred foram fundamentais nos últimos jogos. Artilheiro e melhor jogador do Brasileirão em 2012, o centroavante é a grande arma do Flu na Libertadores.

São Paulo

Gazeta Press
Ceni é destaque do São Paulo

Clube brasileiro que mais vezes venceu a Libertadores (ao lado do Santos), com três conquistas, o São Paulo volta a disputar a competição depois de três anos. Se passar pela primeira fase, o time do Morumbi entrará no grupo 5, ao lado de Atlético-MG, The Strongest-BOL e Arsenal de Sarandí-ARG. Atual campeão da Sul-Americana, o Tricolor Paulista não contará com o meia-atacante Lucas, grande destaque da equipe em 2012, vendido ao PSG-FRA. A diretoria trabalhou para reforçar o elenco. O zagueiro Lúcio, campeão do mundo pela Seleção em 2002, e os atacantes Aloísio e Wallyson devem fazer parte do elenco de Ney Franco (além do lateral esquerdo Carleto, que voltou de empréstimo). O meia Paulo Henrique Ganso, contratado em 2012, é a grande esperança na criação de jogadas para o artilheiro da equipe, Luís Fabiano.

Destaque: Rogério Ceni

Aos 40 anos, Rogério Ceni ainda transmite segurança para a torcida são-paulina. Jogador que mais vezes vestiu a camisa do clube e goleiro com mais gols marcados no futebol mundial, o camisa 1 tricolor ainda busca mais glórias. Presente nas três conquistas da Libertadores (em 2005 como titular), o capitão do time é a referência dentro de campo para os demais jogadores.

Palmeiras

Gazeta Press
Barcos é destaque do Palmeiras

Com vaga garantida na Libertadores pela conquista da Copa do Brasil, o Palmeiras viu as eleições e a falta de dinheiro atrapalharem o planejamento do time para a temporada 2013. O Palmeiras está no grupo 2, com Libertad-PAR, Sporting Cristal-BOL e o vencedor do duelo entre Tigre-ARG e Deportivo Anzoátegui-VEM. Apenas dois reforços foram contratados: o goleiro Fernando Prass e o lateral-direito Ayrton. O meia argentino Riquelme pode chegar para assumir a criação das jogadas do time comandado por Gilson Kleina.

Destaque: Barcos

O centroavante argentino Hernan Barcos assustou a torcida com a possibilidade de deixar o time por conta do rebaixamento. Com contrato renovado até o fim de 2016, o “Pirata” é o grande nome do time para a disputa da Libertadores. Com 27 gols no ano de estreia, o jogador projeta balançar as vezes 28 vezes neste ano.

Atlético-MG

Gazeta Press
Ronaldinho é destaque do Atlético-MG

Vice-campeão brasileiro, o Atlético-MG volta a disputar a Libertadores após 13 anos. Melhor ataque da última edição do Brasileirão, com 64 gols, o Atlético ainda se reforçou para a disputa da Libertadores. Morais, Rosinei, Alecsandro e Araújo chegaram para aumentar o poder de fogo do Galo. No grupo 3, com The Strongest-BOL e Arsenal de Sarandí-ARG, o time mineiro pode encontrar um brasileiro logo na fase de grupos. Para isso, basta o São Paulo eliminar o Bolívar-BOL na primeira fase.

Destaque: Ronaldinho

Sem receber salários no Flamengo, Ronaldinho chegou ao Atlético em 2012 para a disputa do Campeonato Brasileiro. A contratação do jogador foi vista com ressalvas por boa parte da imprensa e dos torcedores. Mas o melhor jogador do mundo por duas vezes (eleito pela Fifa em 2004 e 2005) respondeu à desconfiança dentro de campo, e foi um dos grandes responsáveis pela volta do Atlético-MG à competição continental.

Grêmio

Gazeta Press
Zé Roberto é destaque do Grêmio

Bicampeão da Libertadores, o time treinado por Vanderlei Luxemburgo tem o meio de campo formado por Souza, Fernando, Elano e Zé Roberto como principal setor. O ataque, comandado por Marcelo Moreno, ainda foi reforçado pelo chileno Eduardo Vargas, destaque da Universidad de Chile na conquista da Sul-Americana de 2011, que foi emprestado pelo Napoli-ITA. Se eliminar a LDU-EQU na primeira fase, o Grêmio entrará no grupo 8, que tem Fluminense, Caracas-VEM e Huachipato-CHI.

Destaque: Zé Roberto

Aos 38 anos de idade, Zé Roberto continua esbanjando a boa forma física. Homem de confiança do técnico Vanderlei Luxemburgo, o camisa 10 do Tricolor Gaúcho disputará sua segunda Libertadores. Na primeira oportunidade, em 2007, também comandado por Luxemburgo, foi o destaque da equipe do Santos, eliminada na semifinal da competição pelo próprio Grêmio.

Veja as fotos da última final da Copa Libertadores:

Alessandro ergue a tão sonhada taça de campeão da Libertadores. Foto: DivulgaçãoEmerson e Liedson carregam a taça da Libertadores pelo Pacaembu. Foto: APEmerson, grande nome da final, beija a taça de campeão da Libertadores . Foto: EFEAlessandro levanta a taça mais importante da história do Corinthians. Foto: Gazeta PressCorinthians conquista a Libertadores pela primeira vez na história. Foto: AFPCorintianos pulam e vibram com a vitória sobre o Boca e o título da Libertadores. Foto: APEmerson e Alex se abraçam após conquista do título inédito do Corinthians. Foto: ReutersRiquelme lamenta vice da Libertadores para o Corinthians. Foto: APJogadores do Corinthians comemoram título inédito da Libertadores . Foto: APÁrbitro apita o fim do jogo para a alegria de uma nação de 30 milhões de torcedores. Foto: EFEEmerson, o nome do jogo, comemora o segundo gol do Corinthians na grande final. Foto: AFPCássio vibra na vitória do Corinthians sobre o Boca Juniors. Foto: ReutersEmerson bate na saída do goleiro e marca o segundo do Corinthians na final. Foto: AFPEmerson comemora com Chicão seu gol na final da Libertadores. Foto: Gazeta PressEmerson celebra seu primeiro gol do Corinthians na final contra o Boca. Foto: APEmerson comemora gol do Corinthians na decisão da Libertadores. Foto: Gazeta PressEmerson chuta e abre o placar para o Corinthians . Foto: ReutersCastán protege a bola contra Santiago Silva, ex-Corinthians. Foto: APPaulinho divide bola pelo alto com o lateral Somoza. Foto: EFEJorge Henrique pula para escapar de falta no Pacaembu. Foto: Gazeta PressDanilo ganha disputa de cabeça contra o argentino Sosa. Foto: APCastán tenta tirar a bola de Riquelme no primeiro tempo. Foto: APO goleiro Orion se contundiu e foi substituído ainda no primeiro tempo. Foto: ReutersPaulinho tenta o drible para cima do volante Erviti. Foto: ReutersEmerson faz falta em Sosa no início da partida. Foto: APO meia Riquelme é o capitão do Boca Juniors . Foto: AFPAlex divide bola no meio campo com Ledesma. Foto: APO capitão Alessandro disputa bola de cabeça no primeiro tempo. Foto: EFETorcedores do Corinthians fazem festa no Pacaembu e exibem bandeira do Japão, alusiva ao Mundial de Clubes. Foto: Gazeta PressGaroto corintiano grita e apoia o time na final da Libertadores. Foto: APBela torcedora do Corinthians apoia o time no Pacaembu. Foto: AFPCorintianos cantam e apoiam o Corinthians no Pacaembu. Foto: APPintado com as cores do Corinthians, torcedor canta no Pacaembu antes da partida. Foto: AFPTorcedores do Boca exibem faixa com a figura de Maradona. Foto: AFPTorcedor do Boca Juniors faz festa antes da final. Foto: APTorcida do Corinthians lota o Pacaembu nesta quarta. Foto: Gazeta Press

* com Gazeta

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas