Algozes de Corinthians e São Paulo, Bahia e Goiás jogam semifinais da Copinha

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Bahia e Goiás lutam por lugar na final do torneio mais tradicional do futebol de base do país

Futura Press
Nos pênaltis, Goiás bateu o São Paulo nas quartas

Após campanhas impecáveis na primeira fase da Copa São Paulo de 2013, Corinthians e São Paulo caíram para Bahia e Goiás, dois times que nesta terça-feira buscam vaga na grande final do torneio, sexta-feira, no Pacaembu.

Quem chega à final? Bahia ou Goiás? Deixe sua opinião para outros torcedores.

Às 16 horas, no estádio Nicolau Alayon, zona oeste da capital paulista, Bahia e Goiás disputam a primeira vaga na decisão da principal competição de base do País. Santos e Palmeiras fazem a outra semi às 21h.

Com campanhas sólidas até aqui, tanto Bahia como Goiás comprovam que não chegaram até esta fase do torneio por acaso. O Bahia, por exemplo, venceu os três jogos da primeira fase - diante de Audax-SP, Criciúma e Botafogo-PB - e eliminou o atual campeão Corinthians na fase de 16 avos de final, vencendo por 1 a 0 em Araras. Na fase seguinte, teve trabalho ao empatar por 0 a 0 e só eliminar o Juventude nos pênaltis, por surpreendentes 9 a 8. Nas quartas de final, encontrou o ‘cascudo’ Grêmio, mas goleou por 4 a 1.

Gazeta Press
O Bahia bateu o Corinthians por 1 a 0

O Goiás fez campanha idêntica ao Bahia: com cinco vitórias e um empate. Na primeira fase somou nove pontos contra Guarani, Guarany-SE, e Lemense. Na segunda fase passou por cima do Vasco por 5 a 1 em Ribeirão Preto. Nas fases seguintes eliminou dois adversários paulistas: primeiro o Mogi Mirim, por 2 a 0, depois o tradicional São Paulo, com quem conseguiu empate por 2 a 2 no fim do tempo normal e aplicou 5 a 3 nas cobranças de pênalti.

Em relação ao histórico, o Bahia entra na semifinal com expectativas maiores que as do Goiás, já que foi finalista da edição de 2011, quando perdeu o título no Pacaembu para o Flamengo de Frauches, Adryan e Negueba. O Goiás chegou apenas uma vez na semifinal, em 1991. Derrotado pela Portuguesa de Denner, time que seria campeão, o Esmeraldino caiu antes da decisão.

Sem desfalques, o técnico Sérgio Araújo contará com um importante retorno no time do Bahia - o lateral esquerdo Erick, que cumpriu suspensão contra o Grêmio, retorna e será escalado entre os titulares. O principal destaque da equipe na Copinha é o atacante Ryder, autor de quatro gols. Já o Goiás, com base no trabalho consistente de Augusto César, deposita suas esperanças em nomes como Liniker e principalmente Erik, que já é aguardado pelo time profissional.

FICHA TÉCNICA - BAHIA x GOIÁS
Local: estádio Nicolau Alayon, em São Paulo-SP 
Data: 22 de janeiro de 2012, terça-feira 
Horário: 16 horas (de Brasília)

BAHIA: Renan; Railan, Maracás, Robson e Erick; Amorim, Feijão, Carlos e Caio César; Ryder e Matheus Técnico: Sérgio Araújo

GOIÁS: Paulo Henrique; Clayton, Allef, Felipe e Mário Sérgio; Túlio, Rodrigo e Liniker; Erik, Jarlan e Paulo Técnico: Augusto César

Leia tudo sobre: GoiásBahiacopa sp 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas