Ashley Cole pode se tornar lateral esquerdo mais bem pago do mundo

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Caso aceite a proposta do Chelsea, o atleta poderá receber anualmente cerca de 10 milhões de libras (aproximadamente R$ 32 milhões)

Mesmo com 32 anos, o lateral esquerdo Ashley Cole parece estar cada vez mais prestigiado dentro do Chelsea. A edição deste domingo do jornal britânico The Sun traz a informação de que os Blues irão propor ao atleta a renovação do vínculo do atleta, que se encerra no final da atual temporada, por mais um ano.

Getty Images
Ashley Cole, lateral do Chelsea

Mas o destaque do novo contrato não seria a duração, e sim os valores envolvidos. Segundo o The Sun, caso aceite a proposta, o atleta poderá receber anualmente cerca de 10 milhões de libras (aproximadamente R$ 32 milhões), o que o tornaria o jogador mais bem pago do mundo em sua posição.

"Ash vale cada centavo. Todo mundo está feliz com a possível permanência dele. O acordo, quando selado, será uma ótima notícia para o Chelsea e para o próprio jogador. A equipe mantém um jogador de altíssimo nível e ele ganha um bom aumento", disse uma fonte não identificada ao The Sun.

O jornal afirma ainda que Ashley Cole tinha a intenção de renovar o contrato por mais dois anos. No entanto, o presidente do Chelsea, Roman Abramovich, teria proibido que o clube oferecesse a atletas com mais de 30 anos vínculos que durassem mais de uma temporada. Ainda assim, o aumento salarial e o "amor pelo clube" teriam levado o lateral esquerdo a ignorar sondagens de Manchester United, Real Madrid e Paris Saint-Germain.

Ashley Cole chegou ao Chelsea em 2006, vindo do Arsenal, assumindo quase instantaneamente o posto de líder e protagonista. Pelos Blues, ele conquistou uma Liga dos Campeões da Europa, um Campeonato Inglês e quatro Copa da Inglaterra, entre outros títulos menores.

Leia tudo sobre: ashley colechelseainglaterrafutebol mundial

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas