Técnico Abel Braga comemora reencontro com Felipe no Fluminense

Por O Dia |

compartilhe

Tamanho do texto

Jogador foi apresentado neste sábado no time carioca e recebeu elogios do treinador

Photocamera
Felipe é apresentado como reforço do Fluminense para temporada 2013

Na sua primeira passagem pelo Fluminense, em 2005, Felipe tinha Abel Braga como treinador. Oito anos depois, o apoiador reencontra o Tricolor e o comandante. Os dois são velhos conhecidos e amigos, não só no clube das Laranjeiras, mas também no Vasco e no Flamengo.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

''Temos uma relação muito boa, de conquistas. Trabalhar com jogador em três clubes diferentes e ganhar três títulos é porque tem alguma coisa importante. Só perde para o Fabiano Eller, que ganhou quatro em quatro clubes diferentes (Vasco, Flamengo, Fluminense e Internacional). Ele conhece o clube. Com certeza quando surgiu a primeira notícia havia divisão de opiniões. É um jogador que vai estar disponível e feliz aqui, como foi na primeira passagem'', afirmou.

Leia mais: Felipe e Monzón chegam ao Fluminense com o título da Libertadores em vista

Em 2005, Felipe teve muitos problemas no Tricolor. O jogador pegou uma suspensão de 180 dias ao agredir o jogador Marcos Mendes, do Campinense. Depois quando retornou, teve problemas com a diretoria e acabou sendo dispensado pelo clube. No entanto, Abel garante que Felipe não é um jogador indisciplinado.

''Não lembro. Talvez por causa daquele tempo inativo depois da expulsão. Foi a vontade de vencer, tínhamos de tirar diferença. Precisávamos da vitória. Foi caçado o jogo todo e revidou. Não tem indisciplina com grupo, comissão técnica. Pelo contrário, só colaborou'', concluiu.

Leia tudo sobre: FluminenseFelipeAbel BragaCarioca 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas