Guto testa alternativas e vê Ponte perder outro jogo-treino

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Uma das novidades da equipe foi o atacante Alemão, destaque do Guaratinguetá na Série B do Campeonato Brasileiro

Tentando repetir a boa temporada do ano passado, a Ponte Preta sofre para encontrar o time ideal para a estreia no Campeonato Paulista contra o Mogi Mirim, no Moisés Lucarelli. Depois de cair para o Red Bull Brasil, a Macaca acabou derrotada nesta quarta-feira perdeu por 3 a 2 para o Grêmio Osasco.

Uma das novidades para o jogo-treino foi o atacante Alemão. Destaque do Guaratinguetá na última edição da Série B do Campeonato Brasileiro, o jogador fez dupla com William e marcou um dos gols campineiros no duelo. O zagueiro Wescley fez o outro, mas não evitou a derrota em pleno Majestoso, que contou somente com a presença de jornalistas.

Além de Alemão, que tomou o lugar do ex-corintiano Chiquinho, o técnico Guto Ferreira promoveu outras duas mudanças na equipe titular. O volante Memo ficou com a vaga de Baraka, que pertence ao Mogi Mirim e, por força de contrato, não poderá encarar o Sapão.

Já o também volante Ferrugem perdeu espaço para o lateral direito Artur. Com a entrada do ex-palmeirense, o polivalente Cicinho foi deslocado para o meio de campo, onde rendeu mais na temporada passada. Cicinho, inclusive, foi o responsável pela assistência para o gol de Alemão.

Se mantiver os planos de quarta-feira, Guto Ferreira deve escalar a Ponte para a estreia às 19h30 (de Brasília) de domingo contra o Mogi com Edson Bastos; Artur, Cleber, Ferron e Uendel; Memo, Bruno Silva, Cicinho e Wellington Bruno; Alemão (Chiquinho) e William.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas