Em má fase no Real Madrid, Kaká é alvo do Fluminense

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Clube carioca pode até pagar um salário igual ao que o meia recebe na Espanha, mas teria que convencer o Real Madrid a liberá-lo

Atual campeão brasileiro, o Fluminense busca deixar seu elenco ainda mais forte para disputa desta temporada. Apesar de contar com nomes como Deco, Thiago Neves e Wagner para o setor de armação no meio-campo, o clube tricolor está interessado na contratação de Kaká, do Real Madrid, segundo publicou o jornal Marca na edição desta quinta-feira.

Leia mais: Kaká tenta costurar acordo entre Real Madrid e Milan para voltar ao time italiano

EFE
Kaká está na mira do Flu, mas seu sonho é o Milan

Conforme afirma o veículo, o presidente da patrocinadora do Fluminense, Celso Barros, deu sinal positivo para a contratação de um grande jogador do cenário esportivo internacional. Apesar do recente mau desempenho na equipe espanhola, o atleta brasileiro continua sendo visto como uma estrela do futebol mundial e chegaria ao clube carioca para ser destaque dentro e fora de campo.

Um dos principais fatores que podem contribuir para a concretização da negociação é a patrocinadora esportiva do Fluminense, a Adidas, que tem Kaká como um de mais valiosos expoentes. O retorno ao futebol nacional é bem visto pela empresa, que espera potencializar ainda mais a imagem do camisa oito do Real Madrid.

Detentor do salário de € 12 milhões (aproximadamente R$ 32,7 milhões) anuais, o meio-campista chegaria ao clube tricolor recebendo os mesmos valores por temporada. Entretanto, a agremiação espanhola não pretende liberar Kaká por uma baixa quantia de dinheiro, já que pagou € 65 milhões (cerca de R$ 177,1 milhões) para contratá-lo do Milan, em 2009.

Também na briga por Kaká, o Milan deve ser um dos principais rivais do Fluminense na busca pelo jogador. Atleta da equipe rubro-negra entre 2003 e 2009, o meio-campista ganhou grande prestígio com a torcida e é constantemente especulado para retornar ao time. Nesta quarta-feira, após jantar com o atacante Robinho, o brasileiro afirmou que não poupará esforços para se juntar ao seu ex-clube ainda nesta janela de transferências do futebol europeu, que se encerra em 15 dias.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas