Felipão admite que pode dar chance a dupla do Bayern de Munique na seleção

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Dante e Luiz Gustavo são peças importantes no time alemão e devem aparecer em convocações, segundo falou o treinador para a imprensa germânica

Arquivo pessoal
Dante recebe o prêmio de melhor zagueiro da última edição do Campeonato Alemão

O técnico Luiz Felipe Scolari fará a primeira convocação no seu retorno à seleção brasileira na próxima semana, mas já dá algumas pistas dos nomes que deve chamar. Dois deles jogam no Bayern de Munique e fazem ótima temporada no clube alemão, que lidera a Bundesliga e está nas oitavas de final da Champions League: o zagueiro Dante e o volante Luiz Gustavo.

E mais: Dante é cotado para defender a Alemanha na Copa, mas ele quer o Brasil

Em entrevista ao diário Bild, Felipão disse que assiste a todos os jogos do Bayern que são transmitidos no Brasil e avisou que a dupla está sim nos seus planos. "É claro que eles têm chance. Luiz Gustavo já jogou na seleção, quero ver seu desenvolvimento daqui para frente. Já o Dante eu quero ver mais de perto", disse o treinador.

Leia mais notícias e opiniões de futebol germânico no Blog do Alemão

Felipão exaltou o Campeonato Alemão e disse que que a Bundesliga é o segundo melhor torneio nacional do mundo, atrás apenas do Inglês. E não faltaram elogios ao time de Munique. "O Bayern é simplesmente espetacular. Um clube incrível, amado e respeitado no Brasil. Além disso, o meu colega Jupp Heynckes faz um grande trabalho por lá", avaliou.

Veja: Tabu no Brasil, bebida é essencial na Alemanha: "Não tem futebol sem cerveja"

De acordo com o treinador, o terceiro melhor jogador do mundo poderia muito bem ser um alemão, atrás, claro, de Messi e Cristiano Ronaldo. E Felipão já até elegeu esse atleta. "Eu devo confessar que eu sou fã de Thomas Müller. Ele é um grande jogador de futebol", disse o comandante da seleção brasileira.

"Müller poderia jogar em qualquer posição no Brasil. Poderia encaixá-lo muito bem no meu time. Seu estilo de jogo parece algo até incomum, mas ele muitas vezes faz a diferença nas partidas. Esses jogadores não são fáceis de se encontrar", completou Scolari sobre a possibilidade de ter o atleta do Bayern na sua seleção.

Exclusivo: Dante diz que vai para o Bayern no momento ideal da sua carreira

Por fim, Felipão escolheu qual é seu treinador preferido do futebol alemão. "Há um monte de treinadores jovens que desenvolveram seu próprio estilo. Eu gosto do que Jürgen Klopp, do Borussia Dortmund. Ele é fantástico. É de tirar o chapeu a campanha que fez na Champions no grupo de Real Madrid e Manchester City", finalizou o brasileiro.

Veja imagens da carreira de Felipão:

Felipão durante entrevista coletiva nesta terça-feira. Foto: Gazeta PressFelipão é carregado após a conquista da Copa do Brasil. Foto: Agência O GloboFelipão canta o hino do Brasil na final da Copa 2002. Foi o último título expressivo do treinador. Foto: Getty ImagesFelipão durante derrota para o Corinthians. Foto: Futura PressFelipão conversa com o time do Palmeiras na beira do campo. Foto: Futura PressFelipão e Valdivia. Foto: Gazeta PressLuiz Felipe Scolari. Foto: Gazeta PressFelipão reclama da arbitragem em Minas. Foto: AEFelipão levou o Palmeiras ao título da Libertadores. Foto: Gazeta PressFelipão terá que se virar sem vários jogadores. Foto: Gazeta PressFelipão comanda treino do Palmeiras para a partida em Goiânia. Foto: Gazeta PressFelipão apresentou plano para evitar a queda. Foto: Gazeta PressFelipão: 52,35% de aproveitamento na 2ª passagem. Foto: Gazeta PressMinistro Aldo Rebelo e técnico Luiz Felipe Scolari em visita ao estádio Castelão. Foto: DivulgaçãoLuiz Felipe Scolari ouve pergunta durante a entrevista coletiva após o sorteio da Copa das Confederações. Foto: Getty ImagesO técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, observa o discurso da treinadora sueca Pia Sudhage, eleita melhor técnica no futebol feminino. Foto: Getty ImagesLuiz Felipe Scolari em evento no Memorial da América Latina, em São Paulo, dia 14/01/2013. Foto: Futura PressFelipão no comando do treino da seleção brasileira antes do amistoso contra a Itália. Foto: Wander Roberto/VIPCOMMNeymar. Foto: Gazeta PressLuiz Felipe Scolari observa o amistoso contra a Inglaterra. Foto: APFelipão orienta treino em Genebra com novato Diego Costa. Foto: Wander RobertoFelipão orienta treino da seleção em Genebra antes de amistoso contra a Itália. Foto: Wander Roberto/VIPCOMMO técnico Luiz Felipe Scolari orienta os jogadores durante o treino da seleção. Foto: VipcommFelipão é confirmado como técnico da seleção, e Parreira será seu coordenador. Foto: Mowa PressFelipão volta a assumir o posto de técnico da seleção brasileira. Foto: Flickr/Ministério do EsporteFelipão comandou a seleção brasileira na Copa do Mundo de 2002. Foto: Getty ImagesTécnico cumprimenta Rivaldo na Copa de 2002. Sob o seu comando, seleção conquistou o pentacampeonato. Foto: Getty ImagesO técnico trocou de seleção em 2003 e assumiu o comando da equipe de Portugal na Euro 2004 e na Copa do Mundo de 2006. Foto: Getty ImagesFelipão levou Portugal ao vice na Euro 2004, ao quarto lugar na Copa do Mundo e seguiu com time de Cristiano Ronaldo até a Euro de 2008. Foto: Getty ImagesAinda em 2008, Luis Felipe Scolari assumiu como técnico do Chelsea. Foto: Getty ImagesFelipão ainda comandou o Bunyodkor, do Uzbequistão de junho de 2009 a maio de 2010. Foto: APDepois, Felipão assumiu o Palmeiras ainda em 2010 e seguiu no comando até meados do Brasileirão deste ano. Foto: Gazeta PressTécnico estava desempregado desde setembro, quando foi demitido do Palmeiras após derrota para o Vasco no Brasileirão 2012. Foto: Gazeta Press Felipão recebeu placa em homenagem aos seus 400 jogos no Palmeiras. Ele é o segundo treinador que mais comandou o time, atrás apenas de Oswaldo Brandão. Foto: Futura PressNa temporada 2012, técnico comandou o Palmeiras na conquista da Copa do Brasil. Foto: Futura PressFelipão agradece gritos de apoio da torcida palmeirense. Foto: Gazeta PressFelipão faz careta durante entrevista coletiva. A situação do Palmeiras se complicou ao longo do Brasileirão. Foto: Gazeta PressLuiz Felipe Scolari lamentando derrota do Palmeiras. ele deixou o time já na zona de rebaixamento. Foto: Gazeta PressTirone, presidente do Palmeiras, e Felipão. Foto: Gazeta PressRonaldinho abraça Felipão antes de jogo entre Atlético-MG e Palmeiras. Foto: Futura PressFelipão e Neymar dividiram o mesmo avião para o clássico entre Palmeiras e Santos disputado em Presidente Prudente. Durante o voo, descontração para Neymar e Felipão. Foto: AEFelipão leva ovada dos jogadores no dia de seu aniversário. Foto: Gazeta PressFelipão já havia comandado o Palmeiras de 1997 a 2000. Foto: Gazeta Press

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas