Renato Augusto, um dos novos nomes do Corinthians, é bastante conhecido do peruano, já que também atuava na Alemanha

Peruano Guerrero, atacante do Corinthians
Gazeta Press
Peruano Guerrero, atacante do Corinthians

Paolo Guerrero perdeu o amigo Martínez, mas gostou da movimentação da diretoria do Corinthians para a temporada 2013. Segundo ele, as contratações tornam o campeão mundial ainda mais forte e favorito às competições que disputará.

E mais: Tite celebra "ano iluminado" revendo 16 jogos do Corinthians em 2012

"Com as chegadas que tivemos, vai ser difícil ganhar da gente. Temos um time muito bom, com muita qualidade. E quem chega sabe que está chegando a um time grande do mundo", afirmou o autor dos gols que pintaram o planeta de preto e branco.

Veja: Tite lamenta a saída de Martínez e prevê sucesso de Cachito na Ponte Preta

O peruano aprovou a contratação do atacante Alexandre Pato, sobre a qual foi questionado algumas vezes. E, espontaneamente, elogiou bastante o meio-campista Renato Augusto, seu conhecido dos tempos em que atuava no Hamburgo.

"O Pato é um jogador de qualidade, atuou no Milan muito tempo. O Renato Augusto também foi uma contratação muito boa, joguei contra ele quando ele era do Bayer Leverkusen. Seguramente, o time vai ficar mais forte, não vai ser fácil para ninguém."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.