Ayrton espera não ter sido último reforço apresentado pelo Palmeiras

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

"No decorrer do campeonato, com certeza vão chegar mais jogadores", falou o ex-jogador do Coritiba

O lateral Ayrton foi contratado pelo Palmeiras no segundo semestre de 2012 e, desde então, só viu chegar o goleiro Fernando Prass, apresentado ainda em dezembro. O jogador vindo do Coritiba foi o último reforço a vestir a camisa pela primeira vez. E torce para que não continue com esse ‘status’ por muito tempo.

"A diretoria está fazendo o trabalho deles. No decorrer do campeonato, com certeza vão chegar mais jogadores", falou o ex-jogador do Coritiba, com tom mais de discurso pronto do que de confiança. Até para não interferir no trabalho dos dirigentes. "Cabe à comissão técnica e à diretoria resolver essas questões. A nós, cabe entrar em campo e fazer o nosso trabalho", declarou.

De qualquer forma, é grande a possibilidade de o camisa 2 ser o último a ser apresentado até o dia 21, data das eleições presidenciais do clube. Até lá, o Conselho de Orientação e Fiscalização (COF) tem poder até de vetar contratações e já avisou que aprovará apenas os atletas que chegarem com pagamento feito por investidores. E o gerente de futebol César Sampaio tem encontrado dificuldades para isso."Vão conseguir contratar outros jogadores bons. Acredito que o Palmeiras montará um bom elenco para conquistar títulos em 2013, defender o título da Copa do Brasil e voltar à primeira divisão do Campeonato Brasileiro", continuou confiando Ayrton, que acaba sendo beneficiado pela escassez de reforços, já que é o único lateral direito do elenco.

"Independentemente de eu ter substituto ou não, trabalho respeitando meus companheiros sempre. Toda vez que eu entrar, darei o meu melhor sempre, mesmo nos treinos. Existem jogadores para suprir desfalques por lesão e cartão, que sempre acontecem. Jamais vou deixar de trabalhar forte para ser titular", prometeu, elogiando até o grupo que foi rebaixado no Brasileiro.

"Os jogadores que estão aqui são muito bons. No ano passado, foi lamentável terem caído, mas o time perdeu muitos jogos por azar, a bola não entrava. Esta equipe é muito boa", enalteceu. "Os nossos adversários podem ter saído na frente, mas terão que entrar em campo e fazer por merecer. Quem está no Palmeiras tem vontade e determinação. Para nos superar, vai ter que ser na garra e na vontade", avisou.

Leia tudo sobre: palmeirasayrton

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas