Treinador escalou time titular com meia centralizado e com Osvaldo e Luís Fabiano no ataque

Ney Franco conversa com os jogadores do São Paulo durante treino no CFA de Cotia
Site Oficial/saopaulofc.net
Ney Franco conversa com os jogadores do São Paulo durante treino no CFA de Cotia

O técnico Ney Franco tem usado o tempo de concentração do São Paulo na pré-temporada em Cotia para testar algumas formações táticas. Nesta quinta-feira, o treinador preparou um esquema especial dentro da formação 4-4-2 para Paulo Henrique Ganso assumir total controle da armação das jogadas ofensivas do time.

Ney Franco faz bem em montar o time em função de Ganso? Deixe sua opinião.

A equipe titular foi escalada com entrou em campo com uma linha de quatro na defesa, com um volante na cabeça de área, dois meio-campistas abertos e Ganso, mais a frente, atrás de Luís Fabiano e Osvaldo.

Ney Franco escalou: Rogério Ceni; Douglas, Lúcio, Rhodolfo e Cortez; Wellington, Denilson, Jadson e Ganso; Osvaldo e Luis Fabiano. O novo esquema colocava Wellington na proteção da zaga e dá mais liberdade para que Denilson, escalado à direita, possa tocar bola com Jadson, que ocupou o lado esquerdo do campo.

A segunda metade das atividades inverteu os papeis. Os titulares passaram a ter seus toques contados e sofreram uma pequena alteração. Denilson foi transferido para o posto de Wellington para proteger os zagueiros das investidas de Maicon, Cañete e Aloísio, do time reserva. Ganso continuou como principal armador da equipe e só perdeu a posição quando Ney Franco promoveu alguns reservas na etapa final do treinamento.

O São Paulo faz sua estreia no Paulistão no dia 19 de janeiro, contra o Mirassol, no Morumbi. No dia 23, também em casa, a equipe faz o primeiro jogo da primeira fase da Libertadores, contra o Bolívar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.