Com dois expulsos, Chile segura a Argentina e vence na estreia do sub 20

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Já na partida que deu início ao Sul-Americano da categoria, a Colômbia passou pelo Paraguai pelo placar mínimo

Com um gol no primeiro tempo, o Chile venceu a Argentina nesta quarta-feira, em Mendoza, e conseguiu um importante resultado na rodada de abertura do Sul-americano sub-20. A vitória, por 1 a 0, foi conquistada com dois jogadores a menos e resistindo à forte pressão dos donos da casa no final da partida.

E mais: Com Brasil como favorito, Sul-Americano sub 20 começa com filhos da "geração 94"

Nicolás Castillo, da Universidad Católica, marcou o gol da vitória chilena, aos 21 minutos do primeiro tempo. O atacante se destacou nos primeiros 45 minutos por chegar com muito perigo à área argentina. Cesar Fuentes, antes do intervalo, e Manuel Bravo, já na segunda etapa, receberam o vermelho e quase complicaram a vida da equipe chilena.

Site oficial
Chile bate a Argentina no Sul-Americano sub 20

Com a vitória, o Chile conquista os três primeiros pontos e divide a liderança do Grupo A com a Colômbia.

A partida também ficou marcada por confusão no Estádio Malvinas Argentinas, em Mendoza. Torcedores argentinos e chilenos brigaram por uma bandeira do Chile, o que provocou correria nas arquibancadas.

Na sexta-feira, o estrelado time da Argentina volta a campo para encarar o Paraguai e tentar a recuperação no torneio continental. No mesmo dia, os chilenos jogam contra a Bolívia, que fará a estreia no Sul-americano.

Apesar da pressão vinda das arquibancadas, foi o Chile quem marcou primeiro. Em jogada de bola parada, Castillo se antecipou à zaga argentina e cabeceou forte, sem chances para dessa de Benítez, que sequer se mexeu.

No final do primeiro tempo, a equipe vermelha ficou com um jogador a menos. Cesar Fuentes, que já tinha amarelo, cometeu falta dura e recebeu o cartão vermelho.

A inferioridade numérica, porém, não mudou o panorama do jogo após o intervalo. Castillo seguia infernizando a defesa albiceleste. Em uma de suas jogadas de habilidade, quase o Chile ampliou o placar. O atacante passou pela marcação dupla, foi a fundo e cruzou rasteiro, mas Rubio desviou sem muita força e Benítez conseguiu defender no reflexo.

Com nomes conhecidos como Iturbe, Lanzini e Centurión, os argentinos pouco ameaçaram o gol de Melo. A Argentina só se atirou ao ataque quando Manuel Bravo também recebeu o vermelho e deixou o Chile com apenas nove em campo.

A partir desse momento, foram 15 minutos de tortura para os chilenos. Vietto quase empatou duas vezes. Ao receber na área, o centroavante bateu e exigiu boa defesa de Melo. Na sequência da jogada, o goleiro precisou trabalhar para impedir o empate em nova finalização do camisa 9.

Sob vaias de sua torcida, a jovem seleção argentina deixou o campo em Mendoza com a responsabilidade de vencer ou vencer na próxima rodada.

Colômbia abre competição com vitória
Na partida que deu início ao Sul-Americano sub-20, a Colômbia passou pelo Paraguai pelo placar mínimo. O 1 a 0 colombiano saiu dos pés de Jhon Córdoba, do Jaguares-MEX, aos 34 minutos do primeiro tempo. Após saída errada de Gómez, Nieto serviu Córdoba, que ajeitou na área e mandou para as redes de Morel.

Apesar do resultado, o Paraguai foi o melhor time em campo, com mais posse de bola, mas não conseguiu converter a superioridade em gols. No final da partida, uma bola de Montenegro na trave e uma defesa de Bonilla após finalização de Paredes impediram o empate.

O próximo compromisso da equipe colombiana será no domingo, quando encara o Chile.

Leia tudo sobre: ArgentinaChilesul americano sub 20Futebol Mundial

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas