Messi vence prêmio de melhor do mundo pelo quarto ano seguido e bate recorde

Argentino vence Bola de Ouro mais uma vez e bate Ronaldo e Zidane, vencedores três vezes

iG São Paulo | - Atualizada às

Getty Images
Messi exibe a Bola de Ouro da Fifa, prêmio que ele conquistou pela quarta vez consecutiva

Lionel Messi é o primeiro jogador a ser eleito o melhor do mundo por quatro vezes. E consecutivamente. Em premiação nesta segunda-feira, em Zurique, a Fifa entregou ao argentino o prêmio que ele já havia recebido pelo que realizou nos anos de 2009, 2010 e 2011.

O prêmio de Lionel Messi foi merecido?Deixe seu recado

"É uma honra estar aqui mais uma vez. Mas nada seria possível sem meus companheiros. Obrigado.", disse Messi, que teve Andrés Iniesta, seu parceiro de Barcelona como um dos concorrentes. Cristiano Ronaldo, do Real Madrid , era o outro candidato. 

Veja também:  Wambach desbanca Marta é ganha prêmio entre as mulheres

Com o prêmio, Messi supera Ronaldo e Zidane, únicos que haviam sido escolhidos como melhores do mundo por três vezes.

Mesmo sem ganhar troféus importantes, Messi marcou nada menos que 91 gols em 69 jogos pelo Barça e pela seleção argentina, uma média impressionante de 1,3 gols por partida. Com essa marca, ele alcançou o recorde de maior artilheiro de um ano na história, superando o alemão Gerd Müller, que marcou 85 vezes em 1972.

Leia mais: Eslovaco desbanca Neymar e Falcao e leva prêmio de gol mais bonito de 2012

Mas os feitos não param por aí. Messi levou o prêmio Bota de Ouro como maior artilheiro do futebol europeu a0 balançar a rede 50 vezes no Espanhol. Foi artilheiro da Liga dos Campeões pela quarta vez seguida, outra façanha inédita. Chegou a 232 gols pelo Barcelona, superando César Rodríguez como maior artilheiro da história do clube. Pela Argentina, marcou 12 vezes e igualou o recorde de Batistuta de maior número de gols em um ano.

Veja ainda:  Vicente Del Bosque é escolhido o melhor técnico do mundo em 2012

Até em prêmios que superam os limites do futebol ele brilhou, e mesmo sem ter participado das Olimpíadas de Londres. No troféu "Campeão dos Campeões", ficou atrás apenas de Usain Bolt e Michael Phelps. No Laureus, conhecido como "Oscar do esporte", é o único jogador de futebol entre os candidatos a esportista do ano. E na vida pessoal ainda comemorou a chegada de seu primeiro filho, Thiago, há três meses.


    Leia tudo sobre: messicristiano ronaldoiniestafifabola de ouro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG