Apesar da vantagem contra Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, o craque espanhol admite que o companheiro de Barcelona é o melhor jogador do mundo

Entre os três jogadores que disputam o prêmio de melhor jogador do mundo, Andrés Iniesta é o candidato com mais títulos no currículo. No entanto, apesar da vantagem contra Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, o jogador espanhol é o grande azarão na premiação promovida pela Fifa, nesta segunda-feira, na Suíça. 

Fifa entrega Bola de Ouro nesta segunda. Veja trajetória dos candidatos em 2012

Autor do gol que garantiu a conquista da primeira Copa do Mundo da Fúria, em 2010, Iniesta também foi peça fundamental na conquista da Eurocopa de 2012. A competição continental de seleções, inclusive, pesou para o espanhol desbancar o português Cristiano Ronaldo e faturar o prêmio de melhor jogador europeu da última temporada.

Messi busca feito inédito na Bola de Ouro em ano de recordes individuais

Porém, com exceção dos anos em que a Copa do Mundo é disputada, o desempenho dos jogadores pelos clubes costuma ser mais importante na eleição de melhor do mundo promovida pela entidade máxima do futebol.

Título espanhol e boa Eurocopa mantêm esperança de CR7 na Bola de Ouro

No Barcelona, Iniesta também joga muita bola, mas seu futebol não chega perto do apresentado pelo argentino Lionel Messi. Sem vaidades, o próprio espanhol admite que o companheiro de time é o melhor do mundo.

Leia mais:  Com seleção em baixa, Brasil vive jejum em prêmio de melhor jogador

“Messi é o melhor absoluto. Ele é ainda melhor do que parece à primeira vista. É muito difícil fazer a diferença como ele faz e fazer parecer tudo muito natural. É incrível vê-lo jogar. Ele sempre faz o inesperado. A melhor coisa sobre ele é que ele sempre vem com algo especial. Ele pode fazer alguma coisa diferente e surpreender todo mundo", comentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.