‘Descobrir’ Bolívar é a principal missão do São Paulo em Cotia

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo o atacante Osvaldo, a lição de casa passada por Ney Franco é estudar os jogadores do Bolívar para evitar maiores problemas no Morumbi.

Divulgação/Site oficial do São Paulo
Enquanto realizam a pré-temporada, jogadores do São Paulo recebem informações sobre o Bolívar

Pelo segundo ano consecutivo, o São Paulo realiza sua pré-temporada no Centro de Formação de Atletas de Cotia, cidade localizada a 33 km da capital e onde ficam alojados os garotos da base. Em 2012, Emerson Leão acabou não tendo sucesso após o refúgio, mas, para a temporada 2013, a missão de Ney Franco já foi estabelecida: descobrir os pontos fortes e fracos do Bolívar, primeiro adversário importante do São Paulo.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Nos próximos dias, a equipe realiza dois amistosos de preparação até o dia 19, quando estreia no Campeonato Paulista contra o Mirassol. Apenas quatro dias depois, a equipe tem o desafio contra o time boliviano, pela primeira fase da Copa Libertadores, nos 3.660 m de altitude de La Paz. O atacante Osvaldo contou que Ney Franco tem pedido para os atletas são-paulinos estudarem os pontos fortes e fracos do Bolívar.

Veja também: Dois grupos da Libertadores podem ter duelos entre brasileiros

"Eu, particularmente, não conheço os jogadores do Bolívar, então temos que ficar espertos, porque eles podem ter jogadores de qualidade e nós temos que estudar para não sermos surpreendidos. Não queremos ser eliminados de jeito nenhum e, por isso, precisamos fazer o resultado no Morumbi, porque é difícil jogar na altitude", admitiu o atacante do São Paulo, sem conhecer os detalhes do time quem tem o atacante Juan Arce, ex-Corinthians, como principal jogador.

Leia também: Osvaldo não se assusta com possíveis chegadas de Vargas e Wallyson

Após o período de treinamento em Cotia, o grupo retorna no dia 17 de janeiro para duas partidas seguidas no estádio do Morumbi, condição tida como essencial para um bom início de Paulistão e Libertadores para Osvaldo.

"Estrear no Morumbi é bom, porque é a nossa casa. É difícil uma equipe chegar lá e vencer a gente, estamos bem adaptados. Temos pouco tempo de pré-temporada até a estreia, mas a comissão técnica está trabalhando para que a gente fique bem preparado e vá bem em todas as competições", diz o atacante, que formará dupla com Luis Fabiano na ausência de Lucas.

* Com Gazeta Esportiva

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas