Kleber deve voltar atuar pelo Grêmio somente em fevereiro

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Depois de ficar quase três meses parado entre março e junho do ano passado, o Gladiador deve repetir a dose neste começo de ano

Gazeta Press
Kleber segue no departamento médico

As lesões perseguem o atacante Kleber em sua passagem pelo Grêmio. Depois de ficar quase três meses parado entre março e junho do ano passado, o Gladiador deve repetir a dose neste começo de ano. De molho desde novembro, deve retornar aos gramados apenas em fevereiro, completando ao todo seis dos 14 primeiros meses de Grêmio no departamento médico.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Com uma lesão no tendão fibular do tornozelo, Kleber não atua desde o dia 16 de novembro, quando a equipe enfrentou o Millonarios, em Bogotá. Segundo o médico Márcio Bolzoni, sua participação na primeira fase da Libertadores, quando o Grêmio enfrentará a LDU, está descartada. Seu retorno aos gramados deve ocorrer apenas em fevereiro, já com a etapa de grupos em andamento.

Se não poderá contar com Kleber, ao menos o técnico Vanderlei Luxemburgo terá à disposição o argentino Facundo Bertoglio, plenamente recuperado de lesão muscular. O jogador passou as férias treinando na Argentina e se diz pronto para voltar ao combate: "Não sinto nada de dor. Agora, com a pré-temporada, vou ficar 100% para o ano. Preciso aproveitar esta oportunidade", indicou Bertoglio.

Leia mais: Grêmio acerta com o Santos e Pará vai permanecer em Porto Alegre

Mesmo com seis jogadores ofensivos no elenco (Kleber, Bertoglio, Marcelo Moreno, André Lima, Willian José e Leandro), o Grêmio ainda corre atrás de um atacante veloz para a disputa da Libertadores. O nome preferencial segue sendo o chileno Eduardo Vargas, do Napoli.

Leia tudo sobre: klebergrêmio

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas