No Catar, Diego Tardelli diz que não será fácil voltar ao Atlético-MG em 2013

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Atacante tinha interesse em retornar ao clube mineiro, mas diz que negociação é improvável

Divulgação
Diego Tardelli é ídolo da torcida atleticana

Principal ídolo da torcida até a chegada de Ronaldinho Gaúcho, Diego Tardelli ainda terá de esperar para retornar ao Atlético-MG. Sem conseguir convencer os dirigentes  catarianos do Al Gharafa a liberá-lo para retornar ao Brasil, o atacante disse em entrevista que as dificuldades para voltar em 2013 são muito grandes.

O Atlético está bem servido de atacantes? Tardelli ajudaria o time? Comente!

"O mais importante é que fiz um bom trabalho por lá (Atlético) e deixei saudade. Eu tenho saudade. Mas eu defendo um time, sou profissional e tenho de cumprir meu contrato. Voltar para o Atlético não é uma coisa fácil. Se eu pudesse voltaria, mas não é fácil", ressaltou o atacante em entrevista à TV Alterosa.

De férias no Brasil, liberado pelo clube do Oriente Médio para passar o Ano Novo com os familiares, Tardelli comentou sobre a situação complicada para a diretoria atleticana concretizar sua contratação. O jogador também foi procurado pelo presidente Alexadre Kalil, mas a negociação não teve avanço.

Sem conseguir repatriar Diego Tardelli, o Atlético contratou Alecsandro, que deixou o Vasco para defender o time mineiro na próxima temporada.

*com Gazeta

Leia tudo sobre: atlético-mgdiego tardellial gharafacatarcontratomercado da bola

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas