Fluminense quer Márcio Azevedo, mas Botafogo diz que ele não vai para o rival

“O Botafogo está preparado para resistir à investida tricolor", responde vice-presidente de futebol, Chico Fonseca. "Não existe jogador inegociável, mas para o Fluminense ele não irá"

O Dia |

Futura Press
O lateral Márcio Azevedo é cobiçado pelo Fluminense para temporada 2013

O Botafogo promete fazer jogo duro, mas, mesmo assim, a diretoria do Fluminense está disposta a ‘suar a camisa’ para contratar Márcio Azevedo. A meta é reforçar a lateral-esquerda, que, após a saída de Thiago Carleto, conta, atualmente, apenas com Carlinhos.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

Embora Márcio Azevedo tenha contrato vigente com o Alvinegro até o fim de 2014, os dirigentes do atual campeão brasileiro estão dispostos a pagar a multa rescisória — o que não amolecerá o coração da cúpula de General Severiano.

Segundo o vice-presidente de futebol do Botafogo, Chico Fonseca, Márcio Azevedo faz parte dos planos do técnico Oswaldo de Oliveira para a temporada de 2013. “O Botafogo está preparado para resistir à investida tricolor. Ele tem contrato longo e não temos a intenção, no momento, de nos desfazermos dele pela proposta que chegou. Ele não é inegociável. Não existe jogador inegociável no Botafogo, mas para o Fluminense ele não irá”, garantiu Fonseca.

Ciente do poder financeiro do rival, o diretor técnico alvinegro, Sidnei Loureiro, tentou minimizar a situação, mas admitiu ter recebido uma proposta do Fluminense pelo lateral. Ele, porém, avisou que Márcio Azevedo só vai para as Laranjeiras caso oTricolor esteja disposto a pagar a sua multa rescisória.

“Chegamos a conversar, mas nem houve negociação. Recusamos. O Márcio Azevedo faz parte dos planos do Botafogo. Para tirá-lo do clube, é necessário o jogador querer e o interessado pagar a multa rescisória. Até agora ficou longe deste valor”, explicou Sidnei Loureiro.

Apesar das negativas alvinegras, o Fluminense, ao que parece, não vai desistir fácil da negociação. Afinal, depois de tirar o lateral-direito Wellington Silva do Flamengo, a diretoria tricolor, além de tentar se reforçar com um bom jogador, pode enfraquecer mais um rival para o Carioca.

    Leia tudo sobre: fluminensebotafogomercado da bolamárcio azevedo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG