Mãe de peruano nascido no Natal quer Guerrero como padrinho do filho

Autor do gol do título do Corinthians no Mundial de Clubes da Fifa, atacante tem sido idolatrado em seu país natal

iG São Paulo * |

O povo peruano dá provas contínuas de sua idolatria por Paolo Guerrero. No Natal, o centroavante que marcou os gols do Corinthians no último Mundial de Clubes foi convocado até para virar padrinho de uma criança.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Noemí Chávez Javier deu à luz ao seu filho um minuto após a meia-noite deste 25 de dezembro, no Instituto Materno Perinatal de Lima. Diante das câmeras de televisão, a jovem de 23 anos não titubeou ao revelar um desejo: "Quero que o padrinho seja Paolo Guerrero. Sou sua fã. Espero que ele aceite o convite".

O filho de Noemí recebeu o nome de Alexis Jesus, em lembrança ao Natal, e nasceu com 3,6kg e 50cm.

Também no Instituto Materno Perinatal, outro bebê que veio ao mundo nesta terça-feira terá o seu batismo influenciado pelo futebol. Denzel Zinedine ganhou o nome porque a mãe Alina Carhuaz Espejo, de 29 anos, quis homenagear o ator norte-americano Denzel Washington e o ex-jogador francês Zinedine Zidane.

*com Gazeta

    Leia tudo sobre: GuerreroCorinthians

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG