Elkeson é anunciado como novo reforço do Gangzhou Evergrande, da China

Atacante foi negociado por R$ 15,5 milhões e se junta ao meia argentino Dario Conca no clube chinês

iG São Paulo |

O atacante Elkeson será o novo companheiro de Conca na China. O Guangzhou Evergrande anunciou a contratação do botafoguense por meio de um longo texto publicado em seu site oficial. O anúncio foi feito na madrugada desta terça-feira e renderá ao clube brasileiro uma quantia de 5,7 milhões de euros (aproximadamente R$ 15,6 milhões).

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Carlos Moraes / Agência O Dia
Elkeson se transferiu para o futebol chinês

Embora a negociação já estivesse acertada pelas duas partes, a penhora de parte dos direitos de Elkeson impedia o Guangzhou de concluir a transferência do atacante. Após o Botafogo conseguir a liberação de cerca de R$ 1 milhão bloqueado por uma dívida trabalhista, o clube chinês firmou o acordo oficial e promoveu o anúncio em sua página na internet.

Vendido para o futebol asiático antes de o Brasileiro ter fim, o jogador desfalcou o Botafogo na última rodada, contra o Flamengo, para acertar as suas últimas pendências e não ser exposto a qualquer lesão. Autor de 18 gols na temporada, Elkeson foi o artilheiro do clube em 2012 e passou a atuar como centroavante depois de Oswaldo de Oliveira instaurar o esquema 4-5-1 no Glorioso.

O atleta está com 23 anos e deixou as categorias de base do Vitória para se firmar como um dos principais atletas rubro-negros em 2011. Contratado neste ano pelo Botafogo, o atleta chamou a atenção dos chineses por demonstrar entrega ao longo das partidas e ter qualidades ofensivas como a velocidade, potência e precisão dos chutes.

Apesar de o Guangzhou ter ilustrado os pontos fortes do seu novo reforço, a torcida do Botafogo não sentirá tantas saudades do jogador. Os gols marcados ao longo do Brasileiro não convenceram e sua passagem por General Severiano ficou marcada pelos tentos perdidos. Alvo de protestos nos momentos de dificuldade, o atacante chegou até a ocupar o banco de reservas, mas retomou o seu posto após o fracasso dos demais centroavantes testados por Oswaldo.

    Leia tudo sobre: BotafogoGuangzhou EvergrandeElkesonmercado da bola

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG