Clube acertou 13 pendências para garantir a manutenção de jogadores importantes e não ter problemas em negociações

Pedro Ken está na mira do Vasco
Arquivo iG
Pedro Ken está na mira do Vasco

Perto de assinar contrato com o atacante Zé Love, o Vasco trabalha em outras contratações. Uma delas é a do meio-campista Pedro Ken, do Cruzeiro. Além disso, foca também em quitar os três meses de salários atrasados no elenco. Na última sexta-feira, o clube acertou mais uma parcela dos atrasados, assim como realizou no início de dezembro.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Na primeira ‘leva’, o Vasco acertou 13 pendências salariais, tudo para garantir a manutenção de jogadores importantes e não ter problemas em negociações que pudessem aumentar a arrecadação do clube. Até o momento, no entanto, a medida não surtiu efeito: Fernando Prass foi para o Palmeiras, Auremir retornou ao Náutico, Juninho Pernambucano assinou com o New York Red Bulls, Alecsandro se aproximou do Atlético-MG e Nilton rescindiu o contrato na Justiça para jogar no Cruzeiro em 2013.

Atento às movimentações de mercado mesmo sem receber nada pelas saídas dos jogadores, o Vasco conversa nos bastidores com as diretorias do Palmeiras e do Cruzeiro de olho no empréstimo de alguns nomes para compensar as perdas. Do Verdão, o diretor executivo René Simões pensa em Juninho e Maikon Leite, mas os nomes mais ‘fortes’ viriam mesmo do clube mineiro - Sandro Silva e Pedro Ken.

Sandro Silva se valorizou após a boa campanha no Inter, mas não convenceu vestindo a camisa do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro e tem a possibilidade de ser emprestado por um ano, dependendo do aval do técnico Marcelo Oliveira. A contratação de Pedro Ken já é vista com mais otimismo pela diretoria do Vasco, mas não está confirmada. O jogador passa férias no México após o acesso para a Série A com a camisa do Vitória e retorna ao Brasil na terça-feira.

Trabalhando duro na montagem do elenco, René Simões coloca as contas em dia para que os novos reforços possam chegar ao clube em um melhor momento financeiro. Apesar da insistência do dirigente, homem forte do futebol do Vasco, as contratações de Zé Love e Pedro Ken devem ser concretizadas apenas depois do Natal.

"No Vasco, quando bate qualquer dinheiro eu sou avisado. Rapidamente temos que tirar esse dinheiro e passar aos jogadores. No dia do pagamento, tive que optar rapidamente por alguns nomes, mais uma vez. Paguei primeiro os que dariam mais problemas se entrassem na Justiça. Depois paguei quase todos os garotos", disse René Simões à Rádio Globo , temeroso por gerar uma divisão no grupo.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.