Treinador espanhol desmente ter dito que nunca treinaria os Blues

Benítez nunca teve o apoio da torcida do Chelsea
Getty Images
Benítez nunca teve o apoio da torcida do Chelsea

Há um mês no comando técnico do time do Chelsea, Rafael Benítez ainda não caiu nas graças da torcida, que se irritou após a precoce eliminação na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa e o vice-campeonato do Mundial de Clubes. Criticado, o treinador disse que não entende a postura dos torcedores.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Às vezes, eu não entendo os gritos contra mim. Estou concentrado nas partidas, e não sei o que se passa nas arquibancadas. E não disse que nunca treinaria uma equipe como o Chelsea", afirmou o comandante à Rádio Onda Cero .

Leia mais: Arsenal pode tentar o empréstimo do atacante David Villa em janeiro, diz jornal

Fortemente ligado ao rival Liverpool, onde teve grande passagem entre os anos de 2004 e 2010, Benítez ainda não inspira a confiança nos fãs dos Blues , que se lembram diariamente de Di Matteo, ídolo como jogador e técnico da conquista inédita da Champions League , que foi demitido em novembro.

Veja ainda: Del Bosque diz que comandará a seleção espanhola até a Copa de 2014

E, desde que chegou em Stamford Bridge, Rafael Benítez fez mudanças na equipe: o meia Oscar no banco de reservas e o atacante Fernando Torres como centroavante titular foram as principais, mas não agradaram à torcida. Na decisão do Mundial, na derrota para o Corinthians, Oscar, na reserva, teria dito durante o aquecimento que o treinador "estava louco".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.