Atacante passa férias no país e, sem espaço no PSG desde a chegada dos novos astros, diz que procura "novos ares"

Nenê perdeu espaço no PSG com a chegada de novas contratações
AP
Nenê perdeu espaço no PSG com a chegada de novas contratações

Depois de praticamente se despedir do Paris Saint-Germain e ser rebatido pelo técnico italiano Carlo Ancelotti, Nenê chegou ao Brasil para passar o final de ano com os familiares. Especulado no Santos, o meia-atacante se empolgou com a possibilidade de atuar ao lado de Neymar e, se ficar no país, espera chamar a atenção do técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Até agora foi só especulação. Saí de Paris sem nenhuma novidade e agora vou relaxar a cabeça, conversar com a família e ver o que decido. Minha intenção é mudar de ares, mas ainda não sei se seria no Brasil. Tenho essa vontade, mas posso continuar na Europa", declarou o jogador, que foi sondado por times cariocas e da Turquia.

Além da proximidade da família, voltar a atuar no país também atrai Nenê para tentar cavar uma vaga na seleção brasileira. Para ele, o fato de ser experiente (está com 31 anos) pode ajuda-lo a ganhar um voto de confiança de Felipão. Outro fator que anima o meia, é o interesse do Santos em repatria-lo. Além de voltar ao clube que defendeu em 2003, ele aposta na possível parceria com Neymar.

"Seria uma honra muito grande jogar ao lado dele, é um jogador excepcional. Seria muito bom. Se tiver essa possibilidade e for bom para mim, seria muito gratificante. Mas não tenho preferência, não tomei nenhuma decisão", explicou o atleta, ainda vinculado ao PSG, em sua chegada a São Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.