Após criticar René Simões, Felipe tem contrato rescindido no Vasco

Em mais um capítulo da crise que implode o ambiente no clube de São Januário, o veterano meia Felipe foi dispensado nesta sexta-feira, após ele ter criticado a diretoria

iG São Paulo * | - Atualizada às

Site oficial
Os dirigentes do Vasco não gostaram das críticas feitas por Felipe sobre a crise no clube

Depois da debandada dos principais jogadores do clube, como o goleiro Fernando Prass, o atacante Alecsandro e o meio Juninho Pernambucano, nesta sexta-feira foi a vez de Felipe deixar o Vasco . O diretor executivo René Simões não aceitou as críticas recentes feitas pelo meia, que não se conformava com a saída dos principais jogadores do elenco e até questionou a necessidade do clube em contratar o próprio René, em entrevista ao jornal  Extra.

Você concorda com a saída de Felipe no vasco? Opine

Os empresários do jogador já teriam sido comunicados da decisão tomada pela diretoria, que se irritou com as palavras de Felipe. René Simões entendeu que não haveria mais clima para ele continuar no Vasco.

Veja também: Muito perto do Vasco, Zé Love admite que aceitou redução salarial

Outro problema que levou à saída do meia foi o alto salário. Felipe, que vinha sendo reserva na equipe cruz-maltina, tinha o maior salário do clube, que vem passando por um processo de redução da folha salarial.

Felipe começou a carreira no Vasco em 1996 e ficou no clube carioca até 2002, quando se transferiu para o Galatasaray. Em 2010, Felipe retornou ao clube com status de ídolo, mas não engrenou e era reserva na reta final do Brasileirão 2012.

* Com Gazeta Esportiva

    Leia tudo sobre: felipevascoRené Simões

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG