"Desta vez não é tão grave", afirmou o comandante em visita ao vestiário da sua equipe

Diagnosticado novamente com um câncer na glândula parótida, o técnico do Barcelona, Tito Vilanova, tem que se afastar, por tempo ainda indeterminado, do time para fazer um tratamento. Mesmo com a notícia pegando toda a comissão técnica da equipe de surpresa, o treinador pediu "tranquilidade".

E mais: Auxiliar Jordi Roura comandará o Barcelona na ausência de Vilanova

Tito Vilanova, técnico do Barcelona
Reuters
Tito Vilanova, técnico do Barcelona

"Fiquem tranquilos, porque desta vez não é tão grave", afirmou o comandante nesta quarta-feira, em visita ao vestiário do Barça. "Agora o problema está em um lugar diferente, sendo mais fácil para tratá-lo", garantiu Vilanova, que também pediu "luta" aos seus comandados.

Depois, foi a vez do presidente Sandro Rosell receitar "união" para superar este momento difícil. "Nós precisamos estar mais unidos do que nunca. E eu sei que vamos conseguir, porque já conseguimos anteriormente", analisou o mandatário.

Durante as seis semanas de tratamento de quimioterapia e radioterapia de Vilanova, o time culé fica sob os cuidados do auxiliar Jordi Roura, que, neste sábado, já tem o seu primeiro desafio à frente da equipe mais visada do mundo, contra o Valladolid, fora de casa, pela 17ª rodada do Espanhol.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.