Milan comemora 113 anos com goleada. Juventus dispara na liderança

Longe das primeiras colocações, time de Milão completa cinco jogos de invencibilidade. Juve abriu sete pontos sobre a Internazionale, vice-colocada

Gazeta |

Getty Images
El Shaarawy

O Milan comemorou bem o aniversário de 113 anos do clube. No San Siro, a equipe recebeu o Pescara, pela 17ª rodada do Campeonato Italiano, neste domingo, e venceu por 4 a 1, com tranquilidade. Sem perder há cinco jogos, o time continua em boa fase, mais ainda não figura entre os primeiros da tabela.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

No primeiro minuto da partida, Nocerino marcou com o gol aberto, após belo passe de El Shaarawy. Com a vantagem de 1 a 0, o Milan foi para o intervalo e voltou com a mesma atitude em campo. O segundo gol foi marcado por Robinho, aos seis minutos. Pouco tempo depois, aos 13, o Pescara mostrou uma tentativa de reagir. O zagueiro Terlizzi descontou para a equipe visitante. Entretanto, o gol do adversário não intimidou a equipe rossonera. O brasileiro Jonathas marcou aos 34 e El Shaarawy deu números finais à partida, após receber passe de Pazzini.

Juve dispara

A vantagem da líder do Campeonato Italiano só aumenta. Jogando em casa, a Juventus venceu a Atalanta por 3 a 0 e disparou ainda mais na liderança. Aproveitando que a Inter de Milão, vice-colocada, perdeu no sábado para a Lazio, a vitória em Turim faz com que a vantagem sobre o rival pulasse para sete pontos.

Getty Images
Vucinic

O Atalanta, comandado por Stefano Colantuono, buscava sair de Turim com um resultado positivo, mas viu a dificuldade do desafio logo no início da partida. Aos 2 minutos de jogo, Vucinic recebeu ótimo passe e chutou à esquerda do goleiro Consigli para abrir o placar. Pouco tempo depois, aos 14 minutos, o experiente Andrea Pirlo cobrou uma falta com maestria e colocou a bola no canto direito do goleiro. Aos 27, Marchisio recebeu sem marcação, chutou de fora da área e o leve desvio na perna do zagueiro adversário foi suficiente para atrapalhar Consigli e marcar o quarto da Juve.

Com um bom resultado no primeiro tempo, a Velha Senhora cadenciou o jogo e manteve o resultado. As duas faltas fortes que Manfredini fez, aos 29 e aos 32 do primeiro tempo, foram responsáveis pela expulsão do jogador. Se com o mesmo número em campo estava difícil para a Atalanta, com um a menos o time deixou de criar e as esperanças de furar a melhor defesa do campeonato diminuíram ainda mais.

    Leia tudo sobre: InternazionaleJuventusItáliafutebol mundial

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG