Treinador vai se reunir com o diretor-executivo Paulo Pelaipe para ouvir os planos do clube e saber se está encaixado neles

Dorival Júnior, técnico do Flamengo
Vipcomm
Dorival Júnior, técnico do Flamengo

Os novos responsáveis pelo departamento de futebol do Flamengo pretendem passar o final de semana estudando a situação do clube para começar a resolver as pendências do setor. A mais importante é a definição da situação do técnico Dorival Júnior. Ele retorna ao Rio de Janeiro no domingo à noite, depois de breve viagem, e vai se reunir com o diretor-executivo Paulo Pelaipe na segunda-feira para ouvir os planos do clube para a próxima temporada e saber se estará encaixado neles.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Para continuar na Gávea, Dorival Júnior terá que se sujeitar ao planejamento da nova diretoria e concordar em trabalhar com auxiliares escolhidos por Pelaipe. O preparador físico Celso de Rezende, que costuma acompanhar o treinador em todos os clubes, não vai permanecer, porque os dirigentes querem um profissional que não tenha vínculo com o técnico. Se Dorival topar todas as alterações na sua forma de trabalhar, vai continuar dirigindo a equipe. Caso contrário, outro nome será procurado para assumir a direção técnica.

Também na segunda-feira, Pelaípe vai começar a resolver as questões relativas à renovação dos contratos. O lateral Léo Moura e o meia Renato Abreu são os primeiros casos. A situação de Vagner Love também será debatida. O Flamengo ainda deve ao CSKA de Moscou, e o clube russo já avisou que perdoará o débito, desde que o atacante seja devolvido.

A situação de Zinho deve ser resolvida antes do domingo. Ele já recebeu a proposta oficial para mudar de funções e ter o salário reduzido, e prometeu responder nas próximas horas. Mas a expectativa da diretoria é de que ele aceite a nova realidade e permaneça no clube.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.