Em jogo da vida, Lucas pode repetir jogadores que se despediram com título

Nesta quarta-feira, na decisão da Copa Sul-Americana, o meia-atacante vai disputar a última partida pelo São Paulo

iG São Paulo |

O meia-atacante Lucas não medirá esforços para conquistar o primeiro título pelo São Paulo. Nesta quarta-feira, contra o Tigre, pela final da Copa Sul-Americana, o camisa 7 disputa a última partida pelo clube do Morumbi. Negociado com o Paris Saint-Germain por R$ 108 milhões, Lucas vai defende o clube francês a partir de janeiro de 2013.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“É o jogo da minha vida, o jogo mais importante da minha carreira. Desde que cheguei ao profissional, não havia tido essa oportunidade de disputar uma decisão. Se precisar, eu vou me quebrar todo porque preciso ser campeão. Preciso retribuir o carinho que recebi de todos aqui no clube”, disse.

Luiz Fernando Menezes/Agência O Dia
Lucas beija o escudo do São Paulo

Revelado nas categorias de base do São Paulo, Lucas quer repetir outro jogador que saiu do clube do Morumbi bastante valorizado e com a faixa de campeão no peito. Em 1998, o atacante Denílson, na época o jogador mais caro da história do futebol brasileiro, brilhou na decisão do Campeonato Paulista, contra o Corinthians. Depois do clássico, ele foi defender o Betis, da Espanha.

Veja também:  Lucas discorda do colega Casemiro e nega privilégio no São Paulo

Na história do São Paulo, Lucas encontra outros exemplos de jogadores que deixaram a equipe após conquistarem um título. Em 2005, por exemplo, três craques viveram essa experiência. Após a final da Copa Libertadores, contra o Atlético-PR, o atacante Luisão foi jogar no futebol japonês. Já o lateral-direito Cicinho e o atacante Amoroso partiram para o futebol europeu depois da final contra o Liverpool, pelo Mundial de Clubes da Fifa.

Leia mais: Mesmo jogando em casa, São Paulo nega favoritismo na final contra o Tigre

"O sentimento só será de dever cumprido se eu conseguir o título. Quero dar esse presente para a torcida do São Paulo. Dinheiro nenhum paga um título. Quero ficar marcado na história do clube. Só os campeões são lembrados e quero colocar um quadro aqui no Centro de Treinamento", comentou o meia-atacante.

    Leia tudo sobre: LucasSão PauloCopa Sul-Americana

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG