Tamanho do texto

Vice de patrimônio do clube disse problemas financeiros atrapalharam andamentos das obras, que deveriam terminar no fim do ano

Maquete mostra planejamentos das novas instalações do CT do Flamengo
Alexandre Vidal/Agência FotoBR
Maquete mostra planejamentos das novas instalações do CT do Flamengo

Com a mudança na gestão do Flamengo, outros profissionais deixam a administração do clube, um deles é o vice-presidente de patrimônio do clube, Alexandre Wrobel. Apesar das críticas que Patricia Amorim recebeu na administração do clube, o CT do Ninho do Urubu apresentou grande evoluções. Responsável pelas obras realizadas na região, o dirigente, em entrevista á Rádio Tupi, fez uma analise sobre o que as evoluções que aconteceram no Centro de Treinamento de Vargem Grande.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

''Quando nós entramos em junho de 2010, eu não conhecia o Ninho do Urubu. Nós visitamos, tinhamos um ou dois campos pra treino e apenas um barracão. O CT não tinha treinamento em tempo integral por conta de falta de condições. O elenco e a comissão técnica tinham que ir para um hotel e retornar de tarde. Perdiamos uma hora e meia nisso. Então investimos na construção de uma estrutura, mesmo que provisória, enquanto resolvíamos os problemas burocráticos. As instalações eram de alta qualidade com alojamento para a comissão e os jogadores, Quatro meses depois, resolvemos a parte burocratica. e em maio do ano passado inciamos a obra definitiva'', afirmou.

No entanto, apesar de todos os esforços, as obras não foram concluídas. Wrobel admitiu que a previsão era que a pré-temporada de 2013 já fosse feita no CT, mas problemas financeiros retardaram o planejamento.

''Nossa ideia era concluir nesse ano. No entanto, não foi possível, a obra vinha andando muito forte, mas a partir de agosto tivemos problemas financeiros por conta de penhoras. Nosso planejamento era que já para 2013 a obra fosse concluída e que a pré-temporada fosse no CT, mas acredito que em uns quatro, cinco meses a obra seja totalmente concluída'', disse.

Próximo de deixar o cargo, Wromel se colocou a disposição da nova diretoria, principalmente de Wallin Vasconcellos, que vai assumir a sua função no próximo ano. O dirigente afirmou que confia que os parceiros do clube vão ajudar nas melhorias na estrutura do clube.

''Tenho mantido contato com as pessoas da próxima diretoria com o Wallin, que será o novo presidente de patrimonio. A desocupação do prédio do morro da viúva, que nos já recebemos uma parte,e vamos receber mais já terá condições de concluir a obra do CT. Ainda temos outros parceiros que vamos poder nos ajudar a concluir outros objetivos como a do CT da categoria de base.'', concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.