Goleiro do Chelsea afirma que time mexicano, adversário da semifinal, tem "pequena vantagem" por estar há mais tempo em território japonês

Goleiro Petr Cech participou de entrevista coletiva nesta segunda-feira no Mundial de Clubes
AP
Goleiro Petr Cech participou de entrevista coletiva nesta segunda-feira no Mundial de Clubes

O Chelsea desembarcou no Japão no domingo e começou a preparação para o Mundial de Clubes nesta segunda-feira. O goleiro Petr Cech afirmou que a equipe divide o favoritismo da competição com o Corinthians , mas pede atenção ao jogo da semifinal.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Temos de dar um passo de cada vez, o Corinthians está distante agora", disse o checo. "Se eles vencerem o primeiro jogo e nós vencermos o nosso, aí falaremos. Vamos falar do Monterrey, que tem uma pequena vantagem por já estar aqui, aclimatado, já ter jogado uma partida na competição, uma boa partida."

Na quarta-feira, o Corinthians encara o Al Ahly, que eliminou o Sanfrecce Hiroshima no domingo. No dia seguinte, será a vez de o Chelsea brigar por uma vaga na decisão com o Monterrey, que triunfou sobre o Ulsan Hyundai com facilidade, também no domingo.

A qualidade do time mexicano e adaptação ao fuso horário japonês deixam Cech preocupado. O goleiro, no entanto, sabe que a expectativa geral é por uma decisão entre o campeão da Liga dos Campeões e o campeão da Libertadores.

"Nós já começamos nas semifinais. Nós e o Corinthians somos vistos como favoritos, não vejo problema nisso. Viemos para fazer o melhor, podemos assumir a posição de favoritos na busca pelo título", comentou.

Veja a trajetória do Corinthians no Japão:

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.